Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.

Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso “mini” guia da capital alemã.

Meu imenso “mini” guia  Berlim

Guia Berlim 01 dezembro 2015 14 198x300 Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.Hoje escreverei sobre uma cidade que mora feliz em meu coração: Decidi criar um roteiro sobre o que fazer em Berlim! Inclusive gratuitamente!

A capital alemã poderia ser facilmente a capital da Europa ocidental. Em suas ruas encontramos de tudo, pessoas do mundo todo, de todas idades e classe social, além de ter atrações para todos os gostos.

Berlim foi uma cidade que me surpreendeu muito, mesmo não conhecendo o idioma. Por isso, vou reunir aqui todos os posts que escrevi sobre a cidade (quando encontrar o nome de uma atração em negrito e sublinhado, significa que inseri ali o link para o post em questão), colocarei um mapa com todas as atrações (no fim do post) e tentarei criar aqui um mini guia da cidade.

Sim, o chamarei de mini guia de Berlim. Seria muita arrogância minha chamar este longo guia de guia completo de Berlim!

rsrsrs

Quantos dias ficar em Berlim?

Berlim, capital da Alemanha, é uma cidade com muitas atrações e coisas interessantes para fazer e ver. Eu morei 3 meses na cidade e deixei muita coisa passar em branco. Ok! Não foram 90 dias circulando por ela, mas o que eu quero dizer é que se você escolher um tempo inferior a 3 dias, terá que deixar muita coisa de lado ou fazer tudo correndo.

Como eu não faço parte do grupo das pessoas que acordam muito cedo e fazem um monte de coisas no mesmo dia, sugiro ficar pelo menos 4 dias em Berlim.

Onde ficar em Berlim? Os melhores bairros:

amstel 2 332x250 Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.O bairro central, onde temos a maioria das atrações, se chama Mitte. É um bairro muito grande (vai do portão de Brandemburgo até a AlexanderPlatz). Se você se hospedar por aqui, fará quase tudo a pé!

Um bairro vizinho ao Mitte bastante interessante é o Moabit. Ele se encontra após o Tiergarten, é servido de ônibus e metrô e, para quem curte caminhar, pode ser uma alternativa para fazer algumas coisas a pé e economizar na passagem (que não é barata).

Além disso, Moabit está próximo do aeroporto e não é rota de aviões! Uma opção: Amstel House Berlim.  Nos hospedamos nele antes de voltarmos para o Brasil e pagamos 15€ o taxi no final da madrugada de um sábado.

Se tua ideia é ficar em bairros descolados e perto de outras atrações, escolha Friedrichhain-Kreuzberg, principalmente nas proximidades da estação Schlesisches Tor. Deste ponto, além do bairro cheio de street art, você poderá caminhar até o East Side Gallery e até mesmo ir a pé até AlexanderPlatz (um início do Mitte).

Veja maisEstadia no Amstel House Berlim

Sugestões de hotéis:


Booking.com

Circulando por Berlim

Berlim transporte publico Turistando.in 3 375x250 Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.Berlim é bem servida de metrô e trens (S e U), tanto que nunca entrei em um ônibus. Mas não é tão simples circular por eles. Antes de pisar em um (e se confundir), leia este meu post: Como circular por Berlim.

Para quem quer economizar e ficar distante dos bairros com as maiores atrações turísticas, coloque no caderninho o valor do transporte público berlinense (e não é barato).
No post abaixo inseri os valores atualizado das passagens:

Veja maisTransporte público em Berlim: Entenda como usar (valores/2018)

Não se esqueça de fazer o Seguro Viagem

Não sei se vocês sabem, mas o seguro viagem é obrigatório na Europa. Os países que fazem parte do espaço schengen exigem um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros e se eles te pedirem e você não comprovar, terá que fazer um seguro na hora ou poderá ser impedido de entrar no país.
Se isso realmente acontece, não sei dizer. Nunca me exigiram. Mas além da obrigatoriedade, o seguro viagem é imprescindível! Além do pronto atendimento (muitos vão até o teu hotel), você terá reembolso de medicação entre outras coisas. Faça tua cotação neste link e use o código TURISTANDOIN5 para obter 5% de desconto (quer mais desconto? Escreva para a gente).


O que fazer em Berlim:

roteiro guia berlim 392x250 Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.
Clique no mapa para vê-lo dentro do My Maps do Google

Bom, agora seguirei com minhas dicas sobre o que fazer em Berlim. São dicas para quem pretende ficar mais de 4 dias na cidade.
Veja no mapa ao lado que todos os destinos se encontram quase que sequenciais. Com um pouco mais de organização, você pode conseguir fazer tudo isso em poucos dias.

Se você ficará poucos dias, fiz um post de meu primeiro sábado na cidade. Na ansiedade, acabamos vendo muita coisa em um dia: Conhecendo vários pontos turístico de Berlim em 1 dia.   Ah e não deixe de ver este post: 10 atrações grátis em Berlim: o que fazer na capital alemã

  • Roteiro Berlim: Ku’damm – Zoológico

O que fazer em Berlim Dicas Turistando.in 2 267x400 Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.Este é o trecho que vai da estação WittenbergPlatz (U1, U2 e U3) até a estação S+U Zoologischer Garten (U1, U2 e U9) e você consegue fazer esse trecho caminhando em meia jornada (talvez menos, caso te interesse apenas passar por esses lugares sem necessariamente entrar).

Você pode começar pela WittenbergPlatz, caso tenha interesse em conhecer a KaDeWe (Kaufhaus des Westens), uma loja de departamento de alto padrão. No último andar se encontra uma praça de alimentação (separe bons euros para lanchar por ali).

Siga pela rua Tauentzienstraβe até as ruínas do Memorial Kaiser Wilhelm, na Breitcheidplatz (praça onde ocorreu o atentado na feira de Natal). Este memorial é o resto de uma antiga igreja destruída durante a 2° guerra mundial.

Deste ponto, você pode visitar o Zoológico + Aquário de Berlim (se você estiver com criança, este passeio pode durar um dia inteiro) ou caminhar pela rua charmosa, cheia de lojas de grife, Kurfurstendamm, melhor conhecida como Ku’Damm (ufa).

Veja maisConhecendo o Zoo de Berlim  e O Aquário de Berlim

  • Roteiro Berlim: Tiergarten

O Zoo de Berlim se encontra dentro do Tiergarten e o contornando, você pode entrar pelo parque para seguir sentido Mitte.

O parque em si é lindo e imenso. Você pode subir na Coluna da Vitoria (Siegessaule) e ver uma vista panorâmica da cidade, caminhar pelos dois lados do parque e entrar no Mitte. Dentro dele se encontra um dos memoriais russos em homenagem aos soldados mortos durante a 2° GM.

Veja maisAs cores do Tiergarten no outono e inverno

  • Roteiro Berlim: Mitte – Potsdamer Platz

Guia Berlim 06 novembro 2015 001 200x300 Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.Ao terminar o Tiergarten estamos no portão de Brandemburgo, porta de entrada para o Mitte através da rua Unter den Linden, mas antes de atravessar o portão, vire à esquerda para visitar o prédio do parlamento alemão, o Reichstag.

Agende antecipadamente sua visita e suba a belíssima cúpula de vidro (é grátis).

Ao sair, volte sentido o portão, mas siga reto.
Você passará pelo memorial dos judeus mortos, uma imensa praça com cubos de cimentos disformes e mais em frente chegará na Potsdamer Platz.

Nesta praça, encontramos alguns trechos perdidos do muro de Berlim, o Sony Center com lojas e cinemas, o teatro onde ocorre a Berlinale e mais a frente a Gemaldegalerie, para mim, o melhor museu de Berlim.

Veja maisVisitando o ReichstagComo agendar a visita ao Reichstag? e Visitando a Gemaldegalerie

  • Roteiro Berlim: Mitte – Unter den Linden

Retornando ao portão de Brandemburgo, está na hora de atravessar este imponente monumento. Ali, começa a Unter den Linden, uma das ruas mais lindas e importantes de Berlim.
Nela, encontraremos diversos prédios monumentais (boa parte são embaixadas) e, se você for fora do inverno, conseguirá ver o motivo do nome da rua (Linden é o nome de uma árvore).

Não deixe de entrar na universidade Humboldt e apreciar sua escadaria de mármore e ver as fotos das pessoas ilustres que estudaram là. Ao lado, entre no prédio pequeno chamado Neue Wache. Por fora o prédio é lindo, mas por dentro, a escuridão e o vazio completam o sentido da única escultura posta ali dentro.

Veja maisPasseando pela Unter den Linden

  • Roteiro Berlim: Mitte-BebelPlatz -Gendarmenmarket

Do lado oposto à Humboldt, se encontra a BebelPlatz, com a antiga biblioteca de Berlim (hoje faculdade de direito), o prédio de Opera de Berlim e ao fundo a catedral católica de Berlim, a St. Hedwigs-Kathedrale Berlin. Um conselho, ainda nesta praça, há no chão um memorial à queima de livros proposta pelos nazistas!

Na sequência, siga sentido Gendarmenmarket, considerada a praça mais linda de Berlim. Nela, se encontram as igrejas gêmeas Deutscher Dom (igreja alemã) e Franzosischer Dom (igreja francesa) e em seu centro a sala de concertos.

Tente ver essa praça a noite! A iluminação é maravilhosa! E aproveite para entrar na imensa loja de chocolates que se encontra em uma das esquinas desta praça.

Veja maisOs mercadinhos de Natal em Berlim e Bremen

  • Roteiro Berlim: Mitte-FriedrichStraβe

FriedrichStraβe é uma das ruas mais importantes do Mitte. Ela cruza a Unter den Linden. Do lado da estação vai até o bairro judeu. A estação em si é bastante curiosa: para sair dela na época do muro, era necessário passaporte, pois ela se encontrava dentro da área russa. Alguns trens passavam direto por ali. Uma loucura!

Do outro lado da Unter den Linden, essa rua passa perto da Gendarmenmarket e do Checkpoint Charlie, uma das fronteiras da Berlim dividida.
Neste trecho, além de lojas e shopping center de alto padrão, existem diversos museus e alguns resquícios do muro, da guerra fria e do nazismo. É por ali que encontramos o Topografia do Terror (antiga Gestapo, polícia secreta nazista) e o museu judaico.

  • Roteiro Berlim: Mitte-Ilha dos Museus (Museumsinsel)

A Unter den Linden  termina na SchlossBrucke (Ponte do Castelo) bem em frente a um jardim chamado Lustgarten. Do castelo nos resta apena a ponte (linda por sinal).
A parte da ilha cheia de museus é a chamada Ilha dos Museus, com 5 dos mais importantes museus da cidade, além da belíssima catedral BerlinerDom.

Se você quiser entender que isso é uma ilha, vá até as pontes após o Bode Museum (lado oposto a Unter den Linden)!

Seguindo adiante, foi criado o Humboltd-Box, onde em um passado era o Berliner Schloss. Essa estranha e polemica construção moderna destoa um ambiente antigo, mas que oferece uma vista interessante do seu último andar.

Veja maisMuseumsinsel, a Ilha dos Museus de BerlimO Museu PérgamoO Bode MuseumO Neues Museum (museu Novo), O Altes Museum (museu velho)

  • Roteiro Berlim: Mitte-Nikolaiviertel

Passando a ilha dos museus, olhando para o seu lado direito, você encontrará um prédio vermelho, a Rotes Rathaus, isto é, a prefeitura vermelha. Ao seu lado, começa o antigo bairro de Nikolaiviertel, considerado o mais antigo da cidade e que costeia o rio Spree.

  • Roteiro Berlim: Mitte-AlexanderPlatz

Este é o trecho do Mitte após a Ilha dos Museus. Se você estiver vindo da Unter den Linden, passará pelo DDR Museum, por uma praça com uma das igrejas mais antiga de Berlim (a Marienkirche) e a famosa torre de TV de Berlim (Berliner Fernsehturm), um dos símbolos da cidade. Seguindo reto, chegará na Praça AlexanderPlatz com shoppings baratos e de alto padrão.

Aqui também inicia a Karl-Marx Alle, uma rua bastante imponente, com prédios residenciais e empresarias da época comunistas. Vale a pena caminhar até a Frankfurter Tor (portão de Frankfurt).

  • Roteiro Berlim: East Side Gallery – Friedrichhain-Kreuzberg

No final da AlexanderPlatz, além da Karl-Marx Alle, podemos caminhar perto da costa do Spree sentido a rua MuhlenStraβe. Nesta rua encontramos 1.3km do muro de Berlim ainda intacto e decorado com alguns dos grafites mais famosos do mundo.

Sim, estou falando da East Side Gallery, um dos pontos mais visitados de Berlim.

Vale a pena caminhar pelos dois lados (o da rua e do rio) e ir até a Oberbaumbrucke, a ponte mais linda de Berlim (e quem sabe comer um dos Schnitzel mais baratos que encontrei por lá (o restaurante fica bem embaixo desta ponte, em frente ao muro) ou o melhor hambúrguer da cidade(tem duas unidades. A mais pitoresca é a que se encontra dentro de um antigo banheiro de rua – hahahaha).

O que fazer em Berlim Dicas Turistando.in 19 167x250 Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.
O homem amarelo – Os Gêmeos

Do outro lado da ponte se encontra a divisão dos bairros de Friedrichhain-Kreuzberg, um bairro velho, aparentemente largado, mas que virou um dos bairros mais descolados (e caros) de Berlim.
Ali você encontrará alguns grafites famosos, como o Leviathan do artista Blu e o homem amarelo dos Gêmeos. Mas já digo: os grafites vão e vem.

Pode ser que quando você for, esses não estejam mais por lá, assim como muitos outros que te indicarão. Sei disso, pois tentei seguir um “mapa” de grafites do bairro e boa parte não existia mais.

Veja maisA East Side Gallery em Berlim, O hambúrguer no BurgerMeisterO Schnitzel do Scheers Schnitzel em Berlim

 

  • Roteiro Berlim: O memorial russo em Treptower Park

Não tão distante de Oberbaumbrucke se encontra o Treptower park, no bairro de Treptow. Decidimos ir com o trem S e descemos na estação Treptower Park. A saída se dá diretamente no parque.

Para chegar até o memorial é preciso atravessar a rua e entrar por um portão. Tudo ali dentro é gigantesco e suntuoso. Paredes imensas de mármore vermelho e branco, além da imensa estátua que representa todos os soldados russos mortos em guerra.

  • Roteiro Berlim: BernauerStraβe e MauerPark

Um pouco mais distante do Mitte se encontra a rua Bernauer Straβe, palco de muitas mortes por causa do muro de Berlim. Aconselho começar pela estação Nordbahnhof (S1,S2, S25 e S26), que foi uma das estações fantasmas (antes de sair, preste atenção nas informações presentes em suas paredes e nas marcas do chão).

Ao sair, você verá uma parte do Memorial do Muro (Gedenkstatte Berlin Mauer). Siga a BernauerStraβe. Em breve você verá uma parte do muro de Berlim sem os grafites da East Side Gallery. Haverá um trecho fechado. Atravesse a rua, entre no outro Memorial do Muro e vá até o último andar. Do mirante, você poderá ver como era a faixa da morte por dentro (além de ver uma bela skyline da cidade).

Mas o memorial não acaba por ai. Um bom trecho que era a faixa da morte, foi mantido e podemos ver restos das casas, a igreja, os caminhos dos tuneis de fuga, além de algumas fotos emblemáticas. Para finalizar, visite o MauerPark, ou parque do muro, principalmente aos domingos.

Veja maisMemorial do Muro de Berlim na Bernauer Straße (Gedenkstätte Berliner Mauer)

  • Roteiro Berlim Fora do eixo turístico

Se te disserem que o melhor de Berlim se encontra apenas no centro histórico, você está sendo enganado! Berlim é aquela cidade que mesmo a periferia é interessante conhecer. Ok! Você não terá esse tempo, mas se você tiver tempo e quiser fugir do turismo que todos fazem, que tal pegar o trem/metrô e conhecer outros lugares?

  • Jardim e Palácio de Charllotenburg

Dos 3 pontos que irei inserir aqui, o Palácio de Charllotenburg é o mais turístico de todos. Foi o palácio real do Reino da Prússia e hoje abriga um museu com obras de artistas alemães, mas você também pode visitar o interno do palácio, com reprodução de como era por dentro.

O jardim também merece uma visita, mesmo se você for no inverno. Eu o visitei 2 vezes, uma no outono e outra no inverno e nas duas estações o jardim tinha o seu charme.

  • Spandauer Zitadelle

Agora vamos para um canto mais distante. Que tal seguir até o bairro de Spandau e visitar uma fortaleza renascentista-medieval que ainda te oferece uma vista panorâmica da cidade?
Estou falando do Spandauer Zitadelle, que conseguiu sobreviver às guerras sofridas na cidade. Circular pelo bairro irá te oferecer uma outra visão berlinense! Desça na estação S Berlim-Spandau e siga sentido Velha Spandau.

  • Jardim Botânico de Berlim e os museus da Freie

Uma outra opção bastante interessante para os amantes da natureza é conhecer o Jardim Botânico de Berlim, que pertence a Freie Universitat, ou Universidade Livre de Berlim (a Humbolt ficou em domínio soviético e, por isso, os americanos construíram um imenso campus no bairro de Dahlen).

Eu não visitei e, portanto, não escrevi sobre, mas a universidade também abriga alguns museus bem interessantes:

  • Viktoriapark

Guia Berlim 08 novembro 2015 01 2 300x200 Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.
O Viktoriapark com o monumento ao fundo

O que Berlim adora nos oferecer são parques. Existem vários espalhados pela cidade. Em Kreuzberg visitamos o Viktoriapark. Aparentemente um grande parque, com muitas árvores e um imenso playground (assim como o Chile, elejo Berlim como uma cidade baby friendly).

 

Mas não é apenas isso que encontramos por aqui. Caminhando por ele, encontramos uma escadaria e em seu topo, um monumento que parecia o topo de uma igreja.

É um monumento nacional em homenagem às forças prussianas e russas que venceram 12 batalhas contra Napoleão. O monumento foi desenhado por Karl Friederich Schinkel, um dos principais artistas alemão.

  • Tempelhof

Se encontra bem perto do Viktoriapark e é uma imensa área verde onde alemães vão tomar um solzinho no final de semana. Na verdade, aquele imenso espaço era um antigo aeroporto de Berlim. Apesar da proximidade com o parque anterior, não fomos, pois, o espaço havia sido transformado naquela época em campo para os refugiados.

  • Teufelsberg em Grunewald

Do alto do bastião de Zitadelle, vimos algo grande e branco no alto de uma montanha e aquilo nos chamou atenção. Pesquisei e descobri que aquele ponto branco se chamava Teufelsberg, ou montanha do diabo. Existem ali escombros da 2° guerra mundial e uma antiga escola militar nazista soterrada. Na época da Guerra Fria, aquele era  um ponto de espionagem americana. Hoje, virou ponto de encontro!

Veja maisO Jardim e Palácio de CharlottenburgO Jardim Botânico de BerlimA Cidadela de Spandau (Zitadelle Spandauer)

Acho que consegui inserir aqui tudo o que um turista pode querer visitar na cidade. Há muito mais coisas, óbvio! Coisas que eu não tive tempo ou vontade de visitar, que não sabia da existência quando estive e coisas que foram criadas ao longo dos anos.


Aproveite e siga o Turistando.in nas redes sociais e clique no círculo abaixo para salvar este post no Pinterest:

pinterest e social 2 Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.

Pin do Pinterest

pinit fg en rect red 28 Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.

 

Planeje a tua viagem conosco

Clicando nas imagens abaixo, você encontra preços especiais e ainda ajuda o blog sem gastar nada!

About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

34 thoughts on “Roteiro o que fazer em Berlim: um imenso guia da capital alemã.

  1. Que super roteiro! Esse guia não é nada mini! Fiquei com saudades da minha viagem para Berlim e quanta coisa não conheci! O que mais gostei foi da região da ilha dos museus e da catedral, além do Tiergarten. Quem quiser ir para Berlim é só pegar esse post! Não precisa de mais nada.

  2. Realmente de mini esse guia não tem nada!!!

    Mas me ajudou bastante… Estou montando meu roteiro para Berlim e favoritando esse post
    vou reler mais umas três vezes e depois volto para tirar minhas dúvidas.. rs

  3. Ainda não conheço Berlim, mas o meu filho tem falado várias vezes na Alemanha (acho que influenciado pelos jogos de futebol). Portanto um dia destes testo o seu roteiro no terreno. Porque está aqui tudo. Post muito útil e informativo. Grata pela partilha

  4. Berlim deve ser demais. Mesmo morando, realmente se deixa muita coisa passar. Eu, por exemplo, não conheço vários pontos turísticos do Rio e moro aqui desde sempre. Imagina três meses só? rs E adorei as fotos!

  5. Berlim é uma cidade surpreendente! Não esperava muito, mas fiquei completamente encantada!
    O post está ótimo, super completo e com boas dicas! Eu tb fiquei no Amstel, uma graça de hostel! 😉
    Beijinhos!

  6. Nossa, fantástica essa cidade mesmo, quanta coisa pra ver, parabéns Juliana pela postagem, tem tudo que o turista precisa pra desbravar Berlim. Qual foi a sua impressão do povo alemão com relação ao turista, ou especificamente com o brasileiro? Dá pra se virar bem sem saber a língua, somente com o básico do inglês?

    1. Muito obrigada, Paulo! Confesso que demorei bastante para escrever este roteiro!
      Meu coração italiano se apaixonou por Berlim!
      😉
      Olha, eu me surpreendi bastante com os berlinenses. Eles são simpàticos e tentavam até mesmo mimica para que entendêssemos alguma coisa. Nao sentimos preconceito por parte de ninguém. Eu posso ter a aparência européia, mas meu marido ali tem cara de àrabe. O màximo que ocorreu a ele foi a enfase no mercado para que ele não comprasse tal linguiça por conter “porco”. Ok, meu marido se expressa em um alemão quase avançado, mas eu consegui sobreviver com inglês .

      O inglês é no estilo “a little bit”. No centro e nas àreas turìsticas todos falavam inglês, mas não espere algo fluente. Se você foge da parte turìstica, corre o risco de se comunicar apenas com mìmica!
      Mas, “insomma”, achei uma cidade muito receptiva!

Deixe aqui teu comentário ou tua dúvida: