A cidade perdida de Machu Picchu

Machu Picchu
Gostou? Compartilhe este texto:
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •  

Conhecendo Machu Picchu

Machu Picchu é um dos locais mais maravilhosos que já visitei! Não sou uma pessoa mística – muito pelo contrário –  mas este local me encantou muito (assim como todo o Peru).

Turistando Peru Machu Picchu (9)Pensar em conhecer Machu Picchu é já uma aventura; são tantos os preparativos que aumenta cada vez mais a ansiedade para o tao esperado dia:

Primeiro você precisa saber como chegar até lá; dai você descobre que o aeroporto está a quase 100 km de distância da cidade e que por causa da grande altitude você deverá se aclimatar por pelo menos uns 3 dias;
Depois você lê que o único meio de transporte é o trem e que ele não é econômico e que tem poucas vagas; que direto de Cuzco chega tarde demais lá e por isso você deverá planejar uma noite em Aguas Calientes (para curtir mais o parque) e que você não pode simplesmente aparecer nos portões; Tanto para entrar no parque como para subir a Montanha de Waynna Picchu (que chamarei de WP) requer também compra antecipada (no site: http://www.machupicchu.gob.pe/).
São detalhes, mas que nos faz querer demais que o dia chegue logo!

Clique nas fotos para aumentá-las. A maioria é panorâmica!

Turistando Peru Machu Picchu (11)Bom, você chegou em Machu Picchu  com o ingresso na mão; dormiu em Aguas Calientes, acordou cedo, pegou o buso e entrou no parque!

O Bilhete, como disse rapidamente acima, pode ser apenas para Machu Picchu ou também para WP (em 2011 era assim);
Para quem não sabe, WP é a montanha que enfeita a cidade e sua subida é permitida apenas para 400 pessoas ao dia.
Subir WP não é fácil!
Além da altitude, suas trilhas são sinuosas, íngremes e pequenas! Em determinados momentos é necessário agarrar-se a troncos ou cabos de aço espalhados pela trilha (uma luvinha de musculação cai muito bem!) para conseguir prosseguir;

Para se ter uma ideia de como é a trilha:

Pode até ser difícil, mas não é nada absurdo de subir, porém, inviável para quem tem fobia à altura ou com dificuldade de locomoção.A subida dura de 40 min. a 1h, dependendo do teu ritmo e do ritmo das pessoas acima;
🙂
Porém, todo sacrifício começa a valer a pena quando começamos a avistar a cidade lá do alto

Ao chegar lá em cima, se tiver coragem, siga até seu ponto mais alto e tire uma foto! Eu fui engatinhando até o local da foto acima!

Depois de um merecido descanso, observando Machu Picchu pequenininha lá em baixo, começa a descida! Direi que para isso nem todos os santos ajudam! Muitas das vezes é preciso descer sentado! E sim: dá muito medo!

Se você não conseguiu o ingresso para WP, não desanime; o parque é imenso e tem muita coisa para se fazer (diria que se perde bastante tempo subindo WP, principalmente se você acaba entrando tarde no parque, como nós);

Mas se mesmo assim o teu sonho é subir alguma montanha, há, do lado oposto à WP, uma montanha muito mais alta, a Machu Picchu. E’ uma sugestão; mas neste caso, você precisará certamente de 2 dias no parque!

Para conhecer o parque é perfeitamente possível sem guia, mas acredito que negociar um bom preço com alguém não-oficial pode facilitar o conhecimento do parque.

Tem muita coisa bacana para ver e se você subiu WP, o tempo para ver as coisas diminuirão (pense que você descerá super cansado e irá direto para o restaurante!).

De qualquer forma, logo na entrada, há algumas placas com sugestões de “trilhas; diversas cores no qual você pode seguir conforme a dificuldade e tempo. Nós tentamos fazer todas e no fim das contas, acabamos perdendo muita coisa!

Apesar de toda preparação antecipada, de ler guias e fóruns…  não é que cometemos erros? Por isso, algumas dicas:

1) não se esqueçam de comprar o bilhete do ônibus que sobe até MP com antecedência; ficamos uns 40 min. na fila só para aquisição da passagem!

2) Se decidir subir até Waynna Picchu; compre o bilhete para o 1° horário! Nós entramos no parque às 9h00 e ficamos uma hora feitos baratas tontas esperando dar 10h00! Depois percebemos que poderíamos ter entrado mais tarde; não havia a necessidade de esperar o horário! E se comprássemos o 1° horário, poderíamos entrar até às 9h50!

3) E’ proibido entrar com alimentos, mas no dia que fomos não teve vistoria e muita gente entrou. Nos arrependemos amargamente. Dentro do parque não tem nem mesmo um bebedouro; lanchonete, restaurante e banheiros ficam do lado de fora. A lanchonete e o restaurante são caros e cobrados em dólares; como estávamos super cansados e famintos, pagamentos o buffet do restaurante (U$ 36,00) com comida, bebida  (exceto alcoólicos ) e sobremesa a vontade!

4) Mais um conselho do que um erro: contratem um guia, mesmo que não seja oficial. Eles estão circulando pelo parque e cobram baratinho! Tem muita coisa bacana que somente eles sabem explicar bem! Se preferir não pagar, tente “gansar” a explicação dos guias que estão no parque.

5) Nos dormimos 2 noites em AC; Com isso, fomos os últimos a sair do parque! Uma experiência bacana!

Veja também:


Gostou? Compartilhe este texto:
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •  
  •   
  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Antes de viajar, não se esqueça de fazer o seu seguro viagem conosco. Use o cupom TURISTANDOIN5 e receba 5% de desconto. Aproveite e faça a reserva de hotel e do aluguel de carro conosco. Se quiser, entre em contato conosco. Fazemos todas as reservas de tua viagem gratuitamente.


About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

Gostou? Tem dúvidas? Nos deixe uma mensagem: