Passeio de lancha em Capitólio pelo Lago e Canyons de Furnas

passeio de lancha em Capitólio
Compartilhe:
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os Canyons de Furnas é uma das mais lindas atrações do país e o passeio de lancha em Capitólio é o melhor jeito de conhecê-los. Com ele, você passará também por algumas das cachoeiras espalhadas pelo imenso lago formado pela barreira de Furnas e você poderá desfrutar de um banho de água no meio da natureza.

Para fazer este passeio você pode escolher a lancha ou a chalana.

A lancha é mais rápida e você pode escolher o passeio que vai de 2 (média de 70 reais por pessoa) até 8 horas (média de 1700 reais). Quanto mais tempo, mais atrações e mais tempo nas paradas.

Caso você queira economizar, o passeio de chalana é mais barato. Ele parte do porto do Rio Turvo (o mesmo das lanchas) e custa R$ 45,00 por pessoa (pode comprar por este site). O passeio dura 3 horas, mas o trajeto é mais lento e, por isso, passa apenas por 2 atrações (Cachoeira do Canyon e Lagoa Azul).

Nós estávamos em 8 adultos e 4 crianças e fizemos o passeio de lancha com o Mario da Capitólio Aventura – Passeios Náuticos.

Eles fecharam conosco os seguintes valores: 2 horas: R$ 70,00 / 3 horas: R$ 100,00 e 4 horas: R$ 130,00. Crianças até 5 anos não pagam e até 10 anos pagam meia.

Decidimos fazer o passeio de 4 horas, que nos permite parar mais tempo nas cachoeiras.

Negociamos não parar muito tempo nos restaurantes flutuantes (que são caros e lotados).
Com isso, ele nos levou até os Canyons da Hidrelétrica (que pelo o que eu entendi está no pacote de quem fica mais de 4 horas). Isto é: vale a pena negociar antes. Qualquer coisa, diga que você leu aqui no Turistando.in. hehehehe

Onde começam os passeios de lancha em Capitólio?

O ponto de encontro para o passeio de lancha em Capitólio se dá antes da ponte sobre o Rio Turvo. A tenda da Capitólio Aventura é a última deste estacionamento (gratuito em jan/2018) e se encontra do lado direito de quem vem de Capitólio, bem antes da ponte e no início da pequena descida que nos leva às lanchas.

Nos encontramos às 12h de uma sexta feira.
Pelo o que eu entendi, aos finais de semana eles trabalham com horários fixos, mas durante a semana, se você entrar em contato antes, pode fechar o horário que quiser.

Aconselho a fechar o pacote com eles antecipadamente (fiz pelo whatsapp 37 99869-2324), principalmente na alta temporada. A vantagem é, além de garantir o passeio, você pode negociar o que visitar (como fizemos).

 

Como foi o passeio de lancha em Capitólio pelo lago de Furnas

Depois de descer um morrinho cheio de pedras e sem nenhuma estrutura (torcer para que a prefeitura invista mais na cidade), entramos na lancha. O Mario nos orientou a colocar os coletes salva vidas em todas as crianças (obrigatório) e nos indicou onde encontrarmos os coletes para adultos (facultativo) e partiu sentido Canyons.

  • Lagoa Azul

A primeira parada do passeio de lancha em Capitólio é a Lagoa Azul, com um bar flutuante. Se você chegar pela estrada, precisa pagar para entrar (parece que o valor estava em R$ 40,00, mas não achei confirmação), mas via mar não é necessário (a não ser que você queira ir na parte mais ao alto para ver o mirante).

Confesso que não achei muito interessante este lugar. Estava muito cheio de gente e por ter pouca água, não me pareceu muito atraente. A cachoeira é no estilo cascata e forma uma piscina natural rasa.

  • As cachoeiras do Canyon de Furnas

O espetáculo do passeio! Mesmo com a água baixa, valeu muito a pena passar por ali. Além dos canyons, hà dois lugares com quedas d’água que, bem diferente da anterior, estava abundante.

Decidimos aqui fazer uma pausa de meia hora mais ou menos. A água não estava tão gelada e, como o nível da represa estava baixo, deu para caminhar por sua água de cor amarelada. Os corajosos subiram até a perto da queda.

Meu conselho: entrem com uma crocs ou botinhas de mergulho. Além das pedras serem escorregadias, suas pontas machucavam os pés!

  • Cascatinha

No meio dos canyons, o Mario nos mostrou um trecho que, por causa de sujeira e do do baixo na água, não pudemos prosseguir. Naquele trecho se encontra a cachoeira Cascatinha, que pode ser alcançada por trilhas dentro do Eco Parque.

  • Vale dos Tucanos

Este vale não tem cachoeira e sua beleza se encontra nas paredes com diversas plataformas de pedras. Neste ponto, a lancha atracou e ficamos um bom tempo por ali apreciando a paisagem e mergulhando um pouco. Confesso que deu tristeza voltar para a lancha.

  • Canyons da hidrelétrica

Pelo o que eu entendi, poucas lanchas vêm para este lado. Nos pacotes de 3 e 4 horas eles inserem visitas à bar e restaurante flutuantes nos quais não estávamos interessados em ir. Conversando com o Mario, ele nos sugeriu então dar um pulo nesses canyons.

Não são tão bonitos quanto os chamados Canyons de Capitólio, mas valem muito a pena dar uma esticadinha por lá. Poderíamos até descer para mergulhar, mas como o tempo não estava bom, resolvemos voltar.

Por fim, retornamos ao ponto final. No meio do caminho pegamos muita chuva, que nos fez cair na gargalhada! Chuva forte, gelada, na velocidade, não dá certo não.

Quando retornamos, antes de pegar estrada para Guapé (onde nos hospedamos), decidimos passar no mirante dos canyons. Chegamos quase no horário de fechamento (17h30) e pegamos lá novamente aquela chuva (rsrsrsrs).

Contatos:

Passeio de Chalanahttps://portaldachalana.com.br

Passeio de lancha com a Capitólio Aventura: whatsapp (37) 99869-2324 / (37) 99156-6833 – https://www.facebook.com/capitolioaventura/

 

Veja aqui todos os nossos posts sobre Capitólio

 


Pin do Pinterest


Compartilhe:
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seguro viagem

Muita gente não faz, mas ficamos com tanto receio da altitude e de trilhas que faríamos quando fomos para o Peru e decidimos fazer seguro saúde. Foi a primeira vez que fizemos e, desde então, começamos a fazer para todas as nossas viagens (principalmente agora, viajando com o Léo). Dependendo da gravidade, médicos vão até a tua hospedagem te medicar. E eles também reembolsam medicações! Caso você não saiba muito bem como funciona, leia também nosso relato:  Seguro viagem (Dicas para viajar grávida ou com crianças)

Faça uma simulação com a nossa parceira Seguro Promo. Ao inserir o código TURISTANDOIN5, você obtém 5% de desconto.


Hospedagem

Temos parceria com o Booking. Toda vez que você fizer uma reserva usando os links e banner deste blog, eles nos pagam uma pequena comissão. Este valor ajuda a manter o nosso blog. E' uma forma econômica de nos ajudar (pois você não pagará nada a mais para o Booking). Por isso,faça uma simulação com o banner na lateral desta página ou clique aqui.

Outra forma de nos ajudar com hospedagens: o AirBnb oferece R$ 100,00* de bônus para novos inscritos desde que tua hospedagem ultrapasse R$ 190,00 *(sem contar com a limpeza). Para isso, faça seu cadastro usando este link.

(*) como o valor é medido em base ao dólar, ele pode sofrer alterações. Leia antes as regras.


Aluguel de Carro

Outra parceria do blog é com a RentCars, que oferece bons valores para o aluguel de carro, além de parcelar e de não cobrar IOF para carros alugados no exterior. Para fazer uma simulação, clique aqui. Assim como as hospedagens e o Seguro, ao fazer sua reserva utilizando os links do Turistando.in, receberemos uma comissão e isso ajuda a manter o blog sempre ativo.


About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

22 thoughts on “Passeio de lancha em Capitólio pelo Lago e Canyons de Furnas

  1. Tão bom Juliana!!! Parabéns pelo fantástico relato e pelas fotos tentadoras que nos desafiam a visitar! Não conheço esse local, mas já fiquei com muita vontade de conhecer. Obrigado pela partilha

  2. Capitólio está super em alta, vejo várias pessoas postando foto de lá! Eu moro relativamente perto, já estou planejando conhecer lá! Obrigada pelo post e pelas dicas, me incentivou mais hehe

  3. Acho incrível como cada vez mais ouço falar de Capitólio! Sobre entrar de crocs, bom seria ter uma botinha de mergulho então. É de neoprene e a sola é emborrachada, pode fazer a diferença na hora de mergulhar nesses lugares incríveis.

Gostou? Tem dúvidas? Nos deixe uma mensagem: