8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

As minhas 8 pequenas cidades da Basilicata

Se você não é um apaixonado pela vida e cultura italiana, deve achar que Basilicata é apenas o nome da padaria no bairro do Bixiga em SP. Na verdade, Basilicata é uma das regiões do sul da Itália (a planta do pé da bota – rsrsrsrs), antigamente chamada de Lucânia e que tive a sorte de “morar” por pouco mais de 2 meses.

Meu “soggiorno” por lá foi delicioso e guardo lindas lembranças daquele período. Por isso, quando escolheram “pequenas cidades” para nosso projeto 8on8, não tive dúvidas: a Basilicata seria a convidada do mês.

Essas fotos foram tiradas entre fevereiro e abril de 2008 e em péssima qualidade (rsrsrsrs), em uma época que eu tinha mania de fazer panoramas!

#1 das minhas pequenas cidades da Basilicata: Rionero in Vulture

Aposto que você nunca ouviu falar, certo? Mas ela tem um charme chamado Monte Vulture.
Vulture é o vulcão extinto muuuuuitos anos atrás (mais de 130 mil anos atrás) e que enfeita a paisagem da cidade.

Foi difícil escolher uma foto dele, mas decidi escolher essa com parte do centro velho da cidade e deixar a foto do Vulture vista da janela de meu quarto para a capa principal do post (tá lá em cima).

Turistando.in Italia 8n8 Basilicata 008 650x214 8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

Dica: Se você decidir passar por lá, não deixe de provar o cannoli da Pasticceria Libutti, considerado o canolli mais delicioso da Itália (vencendo até docerias Sicilianas).
Pelo o que eu vi, eles abriram uma loja em Roma (na Via della Giuliana – hehehehehe – impossível esquecer)!!!!!
E se você é fã de vinho, o Aglianico del Vulture é considerado um dos melhores vinhos tintos italiano. Eu também curti os vinhos moscatéis!

Dica de hospedagem: não sei se o hotel é bom, mas tínhamos amizade com os proprietários do hotel San Marco, um dos mais famosos da cidade. O restaurante deles é ótimo, mas eu me divertia vendo a Dona Vitina ou o Seu Angelo brigando em dialeto com os filhos (lindos- rsrsrs), Claudio e Fabrizio. Okay… não acho que eles fariam isso na frente dos clientes, mas eu me divertia.

#2 das minhas pequenas cidades da Basilicata: Monticchio Laghi

Monticchio não é uma cidade, mas uma “frazione” (algo como distrito) de Rionero e Atella. Ela é dividida em 3 partes (Bagni com 250 habitantes, Sgarroni com 150 habitantes e Laghi, creio que menos de 50 habitantes).

Das três, indico a última, que nada mais é que a parte interna do vulcão Vulture. No local onde em um passado haviam as bocas do vulcão (sim, eram duas), temos dois lagos.

Turistando.in Italia 8n8 Basilicata 009 650x302 8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

Viu aquela construção branca ali ao fundo? É a Abbazia di San Michele Arcangelo e do pátio dela é possível ver as duas bocas do vulcão, ou melhor, os dois lagos de Monticchio.

Bônus: tudo na Europa tem denominação controlada, ou garantida ou protegida ou tudo isso junto (rs). Em Monticchio podemos encontrar muitas castanhas chamadas de Marroncino di Melfi D.O.P.  (Origem Protegida)
Acho que a colheita é feita apenas no verão. Eu não provei desta castanha.

#3 das minhas pequenas cidades da Basilicata: Sassi di Matera

Certamente é a mais turística de todas as 8 cidades que colocarei aqui e a mais incrível. A frazione di Sassi (pedras em italiano) se encontra na cidade de Matera (uma das províncias da Basilicata) e nos presenteia uma paisagem surreal. Toda a “cidade” é de pedras, feita nas rochas e dividida por um vale. Do outro lado, podemos ver outras grutas, mais rústicas.

Não se sabe exatamente a época que começaram a construir essas grutas, mas se acredita que ela é habitada desde o Paleolítico. Além disso, encontraram por lá alguns objetos que datam de 8 mil anos antes de Cristo  (sim, é muito tempo – rs).

Turistando.in Italia 8n8 Basilicata 001 650x240 8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

Dica: Não deixe de entrar em uma das “casas” antigas chamadas de Grotta (e pegue um áudio guia para conseguir entender o que eram cada andar daquela gruta. Sério: é incrível).

Curiosidade: rodaram muitos filmes nesta parte, a maioria de cunho religioso. O mais famoso mundialmente foi o polêmico “Paixão de Cristo“, dirigido pelo Mel Gibson, mas a lista é imensa!

#4 das minhas pequenas cidades da Basilicata: Castelmezzano

Outra cidade bastante turística da Basilicata é Castelmezzano. Esta cidade se encontra “escondida” atrás das dolomitas lucanas (uma beleza por si só) e faz parte de uma associação chamada I Borghi più belli d’Italia (os vilarejos mais lindos da Itália).

Bom, antigamente era chamado I Borghi Sconosciuti più belli d’Italia (os vilarejos desconhecidos mais lindos da Itália), mas desde inventaram essa lista, os vilarejos deixaram de serem desconhecidos – rs e eliminaram esse nome da associação!

Turistando.in Italia 8n8 Basilicata 007 650x230 8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

Além da beleza pitoresca da cidade, ela também é famosa pelo Volo dell’Angelo (voo do anjo), que faz o corajoso voar da parte mais alta de Castelmezzano até a cidade de Pietrapertosa, outra pérola da Basilicata elencada nos “Borghi + belli”, voando como um anjo (ao preço de 40€).

#5 das minhas pequenas cidades da Basilicata: Venosa

Venosa é outra cidade que faz parte dos Borghi più belli d’Italia e é a cidade do famoso Orazio Flacco.
Ok…. você está se perguntando: famoso para quem?
E eu respondo: para o mundo!
hahahahahaha

Bom, na verdade, poucos sabem seu nome e sua nacionalidade, mas conhecem perfeitamente sua frase: Carpe Diem!
Sim, o dono da frase nasceu nesta pequena cidade lucana.

Passear pelo centro velho nos remete a tempos longínquos da história. Casas pequenas quase em ruínas, ruas estreitas e até mesmo um curioso tanque de pedra com detalhe de um leão, para lavar roupas no meio da cidade.

Além do centro histórico, temos na porta de entrada da cidade um Castelo e mais para trás, o Complesso della Santissima Trinità, principalmente com as ruínas da igreja incompleta.

Com isso, confesso que fiquei sem saber qual foto escolher. Quando visitei, as ruínas da igreja incompleta estavam bloqueadas para entrada (minha foto está bem distante), por isso, escolhi uma foto do Gianfranco Vitolo.

Turistando.in Italia 8n8 Basilicata 06 e1516828929414 650x343 8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

.

#6 das minhas pequenas cidades da Basilicata: Melfi

Melfi é a cidade “grande” mais perto de Rionero e era onde meu amigo Eduardo trabalhava (a Fiat estava ali 10 anos atrás. Hoje eu não sei). Fui para lá algumas vezes.
Como toda cidade italiana, existe a divisão entre centro histórico e centro novo e o centro velho é gracioso, mas o que encanta na cidade é o belíssimo castelo de Melfi.
Aliás, há muitos castelos/fortalezas ainda presentes nesta região. Além deste e do de Venosa, vi também o castelo de Lagopesole e imagino que não sejam os únicos.

Gianfranco Vitolo Melfi e1516829126180 650x392 8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

Infelizmente, perdi algumas fotos de minha viagem e por isso não tenho nada de Melfi e Lagopesole. A foto acima também é de  Gianfranco Vitolo

#7 das minhas pequenas cidades da Basilicata: Monte Carmine (Avigliano)

Outra cidadezinha com um centro velho interessante. Porém, a foto não é da cidadela, mas do Santuario della Madonna del Carmine que se encontra no Monte Carmine.
A igreja e a capela em si é bastante interessante e ela foi construída graças a uma promessa que o povo de Avigliano fez durante um terremoto. Eles se refugiaram neste monte durante 40 dias e prometeram que, se nenhum dano fatal ocorresse aos habitantes da cidade, eles ergueriam um santuário para a santa protetora.
Bom, o santuário foi feito!
😉

Turistando.in Italia 8n8 Basilicata 003 650x296 8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

#8 das minhas pequenas cidades da Basilicata: os campos da Basilicata vistos do Monte Carmine

Porém, além da beleza do santuário, com a santa esculpida na rocha, o que me encantou é a vista da Basilicata através de seu mirante. Campos verdes, torres de energia Eólica (que se encontra do lado oposto a esta foto), montanhas, pequenas cidades e o Monte Vulture ao fundo.

Algo que difere a Basilicata das outras regiões italianas é a altitude, tanto que Potenza, capital dessa região, é a mais alta capital italiana e eu senti na pele isso.
Enquanto o Thiago vivia em uma Paris com 10°C, eu vivia numa Rionero com 1°C. Mas o que pode ser negativo no frio, nos oferece também lindas paisagens.

Turistando.in Italia 8n8 Basilicata 004 e1516829400162 650x315 8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

Curiosidade: o Monte Carmine está a 1228 acima do nível do mar e nesta minha foto, destaco o Vulture e a vegetação no inverno (com alguns pontos de gelo)!

Mais fotinhos 8on8

Gostou? Foi um prazer compartilhar um pouco de uma região linda e “desconhecida” que morro de saudades com vocês. Aproveite e veja meus outros posts do projeto 8on8, mas não deixe de ver as 8 fotos das outras bloggers que fazem parte do projeto:

Diário de PollyCidades pequenas (Haarlem, Holanda)Espiando pelo MundoCidades pequenas: Monastério em imagensFui Ser Viajante:  Ollantaytambo: 8 segredos (e fotos) da antiga cidade incaLet’s Fly Away: Paraty morrer de amores;  Mulher Casada ViajaProcuram-se Cidades PequenasQuarto de viagem: 8 cidades pequenas espalhadas pelo globo

 


pinterest e social 2 8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

Pin do Pinterest

pinit fg en rect red 28 8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

 

Planeje a tua viagem conosco

Clicando nas imagens abaixo, você encontra preços especiais e ainda ajuda o blog sem gastar nada!

About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

30 thoughts on “8 pequenas cidades da Basilicata no sul da Itália

  1. Apaixonada por todas essas fotos (estão boas, sim, relaxa) e por cada cantinho que vc mostrou. Eu não conhecia nenhum deles e não fazia ideia que a “sola da bota” fosse tão interessante! A Itália, na minha opinião, é um país para se visitar em algumas vidas, porque em uma só não dá messsmo! hahaha Sua temporada por lá deve ter sido incrível, que alegria! Beijo grande

  2. Eu estou completamente rendida, apaixonada por esta região. Se tivesse nascido por ai usaria com toda certeza o Carpe Diem intensamente!!! Difícil dizer de qual delas, das cidades, eu mais gostei, mas Sassi di Matera me chamou muito.

    A cada texto do turistando.in na Itália eu fico com mais vontade de voltar e como só visito uma região por viagem, a cada texto eu afirmo: é para esta que eu volto. Até ler o texto seguinte. Mas eu acho que é para esta região Basilicata que eu volto. Bom, pelo menos até o próximo post! rsrs

  3. Estive na região ano passado, mas por causa da falta de tempo não pude visitar nenhuma dessas cidadezinhas, adoraria conhecê-las. Muito legal saber um pouco mais sobre lugares que não são tão conhecidos, agora já tenho um bom pretexto para voltar, hahahah.

  4. Olá Juliana, que legal ter conhecido tantos lugares da Itália, um pais que me desperta tanta curiosidade, dois meses na região, com certeza deu pra explorar bastante. Parabéns, acompanhando.

  5. Adoro roteiros que não mostram só o óbvio e este post é incrível por mostrar cidades diferentes das convencionais da Itália que devem ser tão lindas quanto. Amei!

Deixe aqui teu comentário ou tua dúvida: