Top5: 5 destinos para curtir o verão: “Cinque Terre” na Itália

Cinque Terre

Um dia pelas Cinque Terre!

Quer saber o que ver ou fazer nas Cinque Terre, as cinco cidadezinhas (terras) com casinhas coloridas grudadas nas montanhas da costa da Ligúria? Elas se encontram no caminho entre Gênova a Pisa, na província de La Spezia. São elas: Monterosso, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore, seguindo a ordem de que sai de Gênova.

O mapa da Ligúria

A região da Ligúria está cheia de praias maravilhosas. Quer ler uma dica de uma Road Trip pela Costa Azzurra (e que pode ser perfeitamente feita por trem)?

Veja:  Road Trip pelo litoral italiano: De Gênova à Cinque Terre 

Mas voltando, para quem não sabe, as Cinque Terre fazem parte do Parque Nacional das Cinque Terre, se encontram na Ligúria e desde 97 fazem parte do Patrimônio Mundial Unesco.

São cidades relativamente próximas umas das outras e ligadas por trilhas (2 fáceis, uma média e outra difícil – atentos que as 2 mais fáceis se encontram fechadas) e por trem.

E serão elas as protagonistas do meu Top 5 deste mês, no qual o tema é: “5 destinos para curtir o verão”.
Ok!
Vai começar o inverno na Europa, mas com este post, você pode começar a programar as férias de verão para o próximo ano (hehehehehe). Eu raramente viajo no verão, mas morei em Gênova e naquela época, passeava bastante de trem pela costa da Ligúria.

 


Bom, se você nos segue, deve saber que esse este #Top5 faz parte de uma blogagem coletiva mensal com a Ana do Espiando pelo mundo, a Klécia do Fui ser Viajante e  a Mayte do Passaporte com Pimenta.

A novidade deste mês é que incluiremos mais 4 blogueiras para participar desta nossa blogagem. São elas: Débora do blog Foco no Mundo , a Lívia do blog O mundo e Minhas Voltas, a Marcia do blog Mulher Casada Viaja  e a Michela do blog Mapa na Mão.

Prontos?


.
#1 das Cinque Terre – Riomaggiore

.

Vista das casinhas coloridas de Riomaggiore e parte da trilha chamada Via dell’Amore.

Riomaggiore é a primeira terra das Cinque Terre para quem vem da Toscana. E eu aconselho começar por ela, mesmo que você venha de Gênova (como eu).

Esta pequena vila de pescadores tem uma característica particular em relação às outras: suas casas são altas, coloridas, tem 2 portas de entrada: uma mais baixa que dá para a rua principal e outra mais alta, aos fundos, que dá para a rua de trás. Motivo: as portas dos fundos serviam em um passado para os moradores fugirem de invasões sarracenas.

A cidade em si é bem pequena e sua maior atração é a Via dell’Amore, que liga Riomaggiore até Manarola (e que está fechada desde 2012, com previsão de abertura para 2019).
Se em tua visita este trecho continuar fechado, pegue o trem e parta para Manarola! Mas se tiver aberto, volte aqui e nos avise!

.

#2 das Cinque Terre – Manarola
.

As famosas casas coloridas com roupas no varal

Novamente encontramos casinhas coloridas incrustadas sobre a rocha, o que rende um panorama maravilhoso e faz de Manarola uma das Cinque Terre mais fotografada.

Durante o verão, se estiver aberto, você poderá descer até as piscinas naturais ao longo do Sentiero Azzurro e durante o inverno, esta cidade abriga um dos maiores presépios do mundo, que vai do dia 8 de dezembro até o início de fevereiro. Toda a cidade é enfeitada com aproximadamente 300 bonecos em tamanho natural e 17 mil lâmpadas iluminam a cidade.

.

#3 das Cinque Terre – Corniglia

.

Vista de Corniglia fotografada de um dos mirantes da cidade

Corniglia é a única das Cinque Terre que não tem beira com o mar. Ela se encontra na parte alta de uma colina, a 100 metros acima em relação ao nível do mar e isso a faz ser o “belvedere” das Cinque Terre.

Chegamos na base de Corniglia pela trilha, mas mesmo para quem vem de trem, encontrará um desafio pela frente: subir 377 degraus da Lardarina, a escada que nos leva até a cidade.

Ok, você pode fazer este percurso com um micro-ônibus que vai da estação de trem até o centro da cidade.

Detalhe: apesar de ser uma região montanhosa, aqui se cultiva uva para a fabricação do vinho da região: o vinho DOC Sciacchetrà (pronuncia chaquetrà) e de um dos mirantes é possível ver as plantações.

.

#4 das Cinque Terre – Vernazza
.

O panorama clássico de Vernazza: sò quem faz a trilha consegue esta vista de tirar o fôlego

Chegamos em Vernazza, a nossa 4° terra, terra do vinho Vernaccia. Diferente das outras 3, Vernazza é um pouco maior e tem um mar um pouco mais extenso.
Aliás, um braço de terra criou uma piscina natural e diria que Vernazza tem uma praia com direito até a areia (algo que as anteriores não tinham).

Caminhar por Vernazza também é um passeio bastante agradável e, se tiver pique, tente subir até os restos do antigo castelo. Hoje vemos apenas resto da Torre Medieval, mas o mais interessante é vê-la do alto. Por mais difícil que possa parecer, tentem fazer a trilha que segue até Monterosso. Você não irá se arrepender!

.

#5 das Cinque Terre – Monterosso al Mare
.

Das 5 terras, Monterosso foi a que mais gostei e é a maior de todas, inclusive na extensão do mar. São duas praias extensas no total. A primeira perto do burgo mais antigo, em frente à estação e a segunda, bem maior, do outro lado das rochas.

Fui duas vezes para esta cidade. A primeira vez fui de battello (um tipo de embarcação veloz) e a segunda vez cheguei por trilha. E nas duas vezes, me encantei!

Sei que neste meu roteiro pelas Cinque Terre inclui esta cidade por último e talvez você não tenha fome ao chegar aqui, mas achei ótimos restaurantes na região.

O que comer pelas Cinque Terre?

Você pode pedir um Trofie, um Trenette ou qualquer tipo de pasta. Não importa. O importante é que seja al pesto.
O Pesto é tradicional na Ligúria e sair daqui sem experimentar é quase uma ofensa. Se tiver oportunidade, peça também a típica foccaccia genovese. Mas adianto que não tem nada a ver com as fogaças brasileiras.

Como chegar a Cinque Terre

Você pode chegar a Cinque Terre de trem, partindo de Gênova ou de Pisa.  Pode inclusive se hospedar em La Spezia ou Levanto e fazer este roteiro de trem.

Você pode ir de carro, mas aconselho estacioná-lo em La Spezia (as estradas são estreitas, não há postos e não há muitos estacionamentos. Veja neste link onde estão os estacionamentos).

Também pode ir de barco (o mais usado se chama battello). Este barco pode partir de Levanto, Portovenere, Lerici e La Spezia. Se tua ideia é apenas dar um breve passeio, pode fazer uma excursão de um dia partindo de Gênova (faz breve parada em Monterrosso).

Se você for aventureiro e gosta de ter contato com a natureza, além de admirar paisagens fantàsticas, pode ir a pé, fazendo uma das diversas trilhas da região.

A trilha se chama Sentiero Azzurro e liga as 5 terras em uma extensão de 12 km. Tem outras que partem da parte superior das terras (e ficam mais distante do mar).
Mas você pode começar a trilha por Levanto, chegar até Monterrosso, fazer as 5 terras e pegar uma outra trilha e chegar até Porto Venere

Como circular por Cinque Terre

O meio mais rápido é, sem sombra de dúvidas, o trem. Durante o verão, há battelli que fazem o percurso via mar entre as 5 terras. E para os aventureiros, tem a trilha Sentiero Azzurro, que liga as 5 cidades (mas que desde 2012 tem trechos interditados).

As trilhas de Cinque Terre

Mais da Via dell’Amore

Este será um tópico para um outro post, que sairá na semana que vem, mas existe uma trilha de 12km que liga as Cinque Terre chamada Sentiero Azzurro (ou trilha azul).
Esta trilha é dividida em 4 partes:

  • 1° trecho: Riomaggiore – Manarola (via dell’Amore)
    1 Km – Tempo medio: 20 min. Dificuldade: fácil * Estado atual: fechada
  • 2° trecho: Manarola – Corniglia
    3 Km – Tempo medio: 60 min. Dificuldade: fácil * Estado atual: fechada
  • 3° trecho: Corniglia – Vernazza
    4 Km – Tempo medio: 100 min.  * Dificuldade: modesta – pouca elevação * Estado atual: aberta
  • 4° trecho: Vernazza – Monterosso
    4 Km – Tempo medio: 110 min. Dificuldade: média – com elevação de quase 300 metros  * Estado atual: aberta

Alguns trechos desta trilha passam próximo ao mar e em outras, temos que subir montanhas. Infelizmente há trechos fechados por causa de um deslizamento de terra que ocorreu em 2012 (e a previsão de abertura é 2019), porém, se fossem abertas, seria possível fazer essas 4 trilhas em um dia (nós quase fizemos).

Quer assinar uma petição pedindo a agilização da liberação desta trilha? Clique AQUI!.

Atenção: Para fazer as trilhas, é necessário pagar o Cinque Terre Card, ou pagar individualmente cada trilha. Mais informação, clique aqui


Veja aqui dicas de hospedagem em Cinque Terre


A blogagem coletiva

Somos agora 8 meninas apaixonadas pelo mundo e com sede de explorar cada canto do planeta. Cada uma com o seu olhar e com o seu perfil de viajante, mas a paixão pela descoberta é a mesma.

Neste mês, temos essas postagens:

Estes foram os Top5 anteriores: Maio: 5 cidades românticas * Junho: 5 clássicos no mundo * Julho: 5 experiência gastronômica * Agosto: 5 lugares preferidos * Setembro: 5 ruas favoritas *


Clique aqui para guardar este post dentro do Pinterest e ler depois. E siga nosso perfil!
🙂

 


Seguro viagem

Muita gente não faz, mas ficamos com tanto receio da altitude e de trilhas que faríamos quando fomos para o Peru e decidimos fazer seguro saúde. Foi a primeira vez que fizemos e, desde então, começamos a fazer para todas as nossas viagens (principalmente agora, viajando com o Léo). Dependendo da gravidade, médicos vão até a tua hospedagem te medicar. E eles também reembolsam medicações! Caso você não saiba muito bem como funciona, leia também nosso relato:  Seguro viagem (Dicas para viajar grávida ou com crianças)

Faça uma simulação com a nossa parceira Seguro Promo. Ao inserir o código TURISTANDOIN5, você obtém 5% de desconto.


Hospedagem

Temos parceria com o Booking. Toda vez que você fizer uma reserva usando os links e banner deste blog, eles nos pagam uma pequena comissão. Este valor ajuda a manter o nosso blog. E' uma forma econômica de nos ajudar (pois você não pagará nada a mais para o Booking). Por isso,faça uma simulação com o banner na lateral desta página ou clique aqui.

Outra forma de nos ajudar com hospedagens: o AirBnb oferece R$ 100,00* de bônus para novos inscritos desde que tua hospedagem ultrapasse R$ 190,00 *(sem contar com a limpeza). Para isso, faça seu cadastro usando este link.

(*) como o valor é medido em base ao dólar, ele pode sofrer alterações. Leia antes as regras.


Aluguel de Carro

Outra parceria do blog é com a RentCars, que oferece bons valores para o aluguel de carro, além de parcelar e de não cobrar IOF para carros alugados no exterior. Para fazer uma simulação, clique aqui. Assim como as hospedagens e o Seguro, ao fazer sua reserva utilizando os links do Turistando.in, receberemos uma comissão e isso ajuda a manter o blog sempre ativo.


About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

13 thoughts on “Top5: 5 destinos para curtir o verão: “Cinque Terre” na Itália

  1. Caraca como eu posso não me apaixonar por esse lugar? Eu sou completamente apaixonada por casinhas coloridas, sou maluca por pequenos vilarejos encravados no meio da pedra de frente para o mar e meu prato principal é (qualquer massa) com molho pesto! Já posso viver em Cinque terre? Não importa qual, qualquer uma rsrs passaria o dia indo e vindo.

    Que lugar lindo! Eu passei a uns 8 anos atrás na Riomaggiore, mas foi muito rápido não considero que conheci e por isso terei que voltar. =D

  2. A Itália é encantadora e por onde olhamos sempre tem algo bonito. Fazer estas trilhas deve ser maravilhoso, pois a paisagem é belíssima!!! Monterosso parece ser a mais bela. Obrigado pelas dicas.

  3. Adorei a dica, ainda mais sabendo que dá pra chegar de trem. Amo viajar de trem. E que simpática as casinhas coloridas de Riomaggiore. Ótimo roteiro, já salvei nos meus favoritos.

  4. Destinos de praia não são meus favoritos, mas acho que nem ia ligar para a praia ahaha. Adorei o post e espero poder usar as dicas em breve, Ju. Obrigada por me convidar a participar desta blogagem, foi um prazer escrever e está sendo ler os posts das demais blogueiras. bj

  5. Conhecemos Cinque Terre numa #trip que fizemos pela Itália. Chegamos por Milão e demos uma esticada até Genebra e outras cidades do Lago Lemann. Quando voltamos para a Itália fomos conhecer Cinque Terre a partir de La Spezia. Nos deram a dica de irmos de barco até a última delas (Monterosso) e voltar de trem. Fomos no alto verão, deu até para experimentar o mar. Ver as Cinque Terre do mar, não tem preço, é lindo d+!

  6. Oi, Ju!
    Cinque Terre é um sonho antigo. Assim como toda a Italia <3 Sou fascinada pela língua, pelo povo, pela cultura e por essas paisagens de tirar o fôlego. Minha viagem dos sonhos vai me deixar perdida por todos esses cantinhos maravilhosos, provando toda essa comida (muito pesto aqui, no caso!) e perdida de amores.
    Espero que esse sonho se realize em breve – e espero que as trilhas estejam abertas quando isso acontecer! 🙂

  7. Ju, Cinque Terre realmente é maravilhosa! Me surpreendi demais, uma pena não ter conseguido fazer nenhuma trilha mas mesmo assim recomendo a todos que conheçam esse lugar 🙂 Espero voltar lá e a trilha estar liberada hehe! Ficou ótimo o post tudo bem detalhado, parabéns!

  8. oi Ju… confesso que não sei de qual dessas cidades eu gostaria mais… fiquei pensando que talvez Riomaggiore tenha me atraído mais… aquela coisa das 2 entradas… rsrsrsrs Acho que teria que passar alguns dias em cada uma delas para avaliar melhor. rsrs

    Cada cidade mais linda que a outra. Já vi mil fotos de Cinque Terre, mas não sabia de tantos detalhes. Não sabia das estradas por exemplo… acho que vou deixar para conhecer em 2019! 🙂 bjuuuss

  9. Que lindo Juliana! Eu tenho vontade de chorar saber, por ter ido para a Itália e não ter conseguido ir a Cinque Terre, nossa, deve ser incrível. Bem, lendo o teu post matei um pouco o desejo e ao mesmo tempo, aumentou a vontade de ir. Obrigada e beijos.

Gostou? Tem dúvidas? Nos deixe uma mensagem: