Peru


Conhecendo o Peru, América do Sul

Peru é um dos destinos mais visitador da América do Sul por conta da sua beleza natural e de locais encantadores e misteriosos como Machu Picchu e o Vale Sagrado dos Incas .

Visitamos algumas cidades em julho de 2011 e a Milena em fevereiro de 2016 e mostro abaixo os locais que visitamos.

Sinta-se livre para me fazer perguntas. Responderei com prazer!

Gastos mochilão no Peru: Uma viagem de 23 dias (valor março/2017)

  1. Cuzco

    A Praça de Armas com a Catedral à esquerda e Templo da Cia. de Jesus a direita

    A cidade de Cuzco (também com a grafia Cusco) é a principal cidade do Vale Sagrado dos Incas e é a cidade que muita gente escolhe para começar a se aclimatar à alta altitude da região!

    Também serve de base para outras cidadezinhas ao redor.

     

  2. Pisac


    O maior sitio arqueológico perto de Cuzco merece sim uma visita, principalmente se você decidir fazer antes de Machu Picchu, para ir se acostumando. O local é imenso e incrível.

    Um conselho: Pegue um taxi para ir até a entrada e faça o percurso completo, descendo a pé até a cidade! Vale muito a pena

    Pisaq de tirar o fôlego: uma prévia para Machu Picchu

     

  3. Ollantaytambo


    Pouco antes de chegar em Aguas Calientes / Machu Picchu, há um vilarejo muito interessante e que vale a pena conhecer.

    Em Ollantaytambo, você pode visitar a fortaleza,  claro, caminhar pela própria cidade. O centrinho “inca” está intacto e um passeio bem interessante é se perder pelas ruas labirínticas.

    Visitando a cidade e fortaleza de Ollantaytambo

     

  4. Machu Picchu, Wayna Picchu e Aguas Calientes


    A cereja do bolo desta região fica, obviamente, para Machu Picchu. Até porque, todos mundo que resolveu ir para lá tem como objetivo passear pela “cidade perdida dos incas”.

    Muita gente decide pegar o trem de Cuzco para fazer o bate e volta; pode até ser ideal para quem pretende ficar apenas 3 dias na região, mas o ideal é dormir pelo menos uma noite em Aguas Calientes e acordar cedo para visitar MP.

    Waynna Picchu é aquela famosa montanha ali no fundo da foto. Subir ali não é fácil! O percurso dura em torno de 40 min. e o visual é incrível!

    A cidade perdida de Machu Picchu
    Dicas para se dar bem em Machu Picchu
    Pernoitando em Aguas Calientes (Machu Picchu Pueblo)
    *
     A Trilha Inca de 4 dias para Machu Pichu

     

     

  5. As ilhas do lago Titicaca (Uros, Taquile e Ilha do Sol)


    Saímos da região do Vale Sagrado dos Incas e  fomos em direção à Puno. A cidade em si é muito feia (e perigosa, segundo nos disseram. Nos pediram até mesmo para evitar Juliaca), mas é a base para começar uma excursão para as ilhas presentes no lago Titicaca.

    São várias, mas tivemos tempo para fazer apenas 2 no Peru e uma (linda, mas que foi doideira nossa) na Bolívia, a ilha do sol

    Excursão para a Ilha flutuante de Uros
    Excursão para a Ilha Taquile no lago Titicaca

     

  6. Arequipa e o Vale do Colca


    De Puno, seguimos rumo à Arequipa, conhecida como a cidade branca. A cidade em si é bacana, com uma arquitetura particular e interessante, mas nada se compara ao Vale do Colca.

    A paisagem da região é exuberante e, pode não ser a cereja do bolo, mas para mim, o local mais lindo que visitamos no Peru.
    Super recomendo!

    Visitando a cidade branca de Arequipa
    Conhecendo o Vale do Colca no Peru

     

  7. Lima


    Depois de Arequipa, muita gente faz paradas em Nazca, Ica, Pisco, Ilhas Balestras e etc. Seria nosso destino se tivéssemos tempo. Mas não tínhamos! Confesso que 18 dias foi demais. A viagem é cansativa e nem curtimos direito Lima por causa disso.

    Mas enfim, seguimos de ônibus rumo a Lima, capital do Peru! Nem preciso dizer que adoramos a cidade! Somos super fãs de cidade grande e Lima seria uma daquelas que viveríamos por um tempo (principalmente no bairro de Miraflores).

    *  Conhecendo a cidade de Lima, a capital do Peru

     

  8.  A Gastronomia


Muita gente quando pensa em fazer uma viagem gastronômica, pensa em Itália e França (e quem sabe Portugal), mas tem um país bem mais perto e bem mais barato que tem uma culinária deliciosa e fantástica. Sim, estou falando do Peru!
Foi a primeira vez que dedicamos algumas horas de nossos dias para se sentar em um restaurante e comer bem.

Normalmente nos hospedamos em hostels pela facilidade de utilizar a cozinha, mas aqui não vale tanto a pena. A comida é maravilhosa e com ótimos preços!
Mesmo o restaurante mais caro do país (do Gastão Acurio), acaba tendo um preço pagável no país!

Degustando a saborosa gastronomia peruana