Rosário (Argentina)

argentina rosario
Com menos de 1 ano de vida, nosso bebê mochileiro participará de uma nova viagem com esses pais malucos: iremos conhecer Rosário, na Argentina! 🙂
Aproveitaremos o feriado de 1 de maio, mas ficaremos até dia 11.
O Thiago irá apresentar o seu trabalho de doutorado em um congresso durante 3 dias e eu ficarei curtindo a cidade com o Léo e aproveitarei para escrever tudinho para vocês!
Para quem não sabe, Rosário é a cidade que nasceu Che Guevara e o Lionel Messi. Dista 320km de Buenos Aires e em tempo, as distâncias são:
Avião: 00:55 Minutos (do Aeroparque Jorge Newbery)
Carro: 03:00 Horas Aprox. (pela estrada Teniente Gral. Aramburu)
Traslado que parte dos aeroportos: 04:30 Horas
Ônibus: 04:30 Horas (saindo do Terminal de Retiro)

Chegamos a pensar em ficar uns dias em BsAs, mas com o Léo iria ser complicado e, como já conhecemos a cidade, decidimos ir direto.

Bom, direto direto é bem complicado. Tam e Gol fazem o trajeto em dias e horários impraticáveis

Rs
A Gol vai para lá apenas às terças e quintas e a Tam…. Bom, o voo da Tam sairia às 8h30 da manhã do sábado de Guarulhos (um dia após o feriado. Teríamos que chegar às 6h30 para o check in) e o retorno sairia de Rosário no sábado às 5h25 da manhã (final de semana perdido).
Isso por um valor praticável. Se quiséssemos retornar no domingo ou na segunda, a passagem quadruplicaria de preço (não estou brincando! Para nós 3, naquele horário horrível, pagaríamos R$ 2.244,67. Pegando no feriado e retornando no domingo, a passagem para nós 3 ficaria R$ 8.593,45).
Usar milhas, nem pensar: 40.000 milhas por trecho e por pessoa (para a Argentina? Em baixa temporada? Oi?)!
Com essa informação nas mãos, buscamos horários da Aerolineas Argentinas.
Achamos passagens para lá, com escalas em BsAs a preços ótimos (aproximadamente R$ 900,00 cada), mas o tempo de espera era longo (alguns para chegada no dia seguinte). Novamente, se não fosse o Léo, poderíamos perfeitamente ficar uma noite em BsAs e no dia seguinte partir para Rosário, mas com ele não rolava.
E assim, fomos para o plano B: ir para BsAs e pegar um ônibus ou transfers até Rosário.
Descobrimos que os ônibus partiam de Retiro e que gastaríamos aproximadamente 400 pesos (no câmbio de hoje, R$ 150,00) de taxi até a estação, mais 262 pesos argentinos cada um (no câmbio de hoje, R$ 75,00) em um ônibus leito executivo até Rosário (o mais barato sai em torno de 214 pesos).
Uma soma de 924 pesos ou R$ 260,00 ao todo.
O incomodo de tudo isso (malas, carrinho do Léo, o Léo) nos fez eliminar essa opção!
Vimos então que algumas empresas fazem o trajeto Ezeiza-Aeroparque-Rosario de ônibus por 600 pesos cada um (no câmbio de hoje, R$ 170,00).
Uma soma de 1200 pesos ou R$ 340,00 ao todo.
O valor não seria mais barato que a ideia anterior, mas eliminaria o nosso transtorno.
Bom. Estávamos com o plano B na cabeça, quando nos demos conta que esperaríamos umas 2 horas pelo transfer mais umas 5 horas de viagem.
E daí caiu a ficha: Poderíamos pegar um voo da Aerolineas Argentinas, com escala no Aeroparque e, nas 6 ou 7 horas de espera, ao invés de ficarmos sentados no ônibus, colocaríamos o Léo no sling e iriamos almoçar em algum restobar em Belgrano!

E assim, compramos a passagem com escala, em um horário mais “decente” – rs
Nosso voo sairá às 10h40 de Guarulhos e chegará no Aeroparque às 13h40. Pegaremos um taxi, iremos para Belgrano e um novo voo partirá para Rosário às 18h30.
A espera entre um voo e outro no retorno é idêntica. Sairemos de Rosário às 8h55 e chegaremos em BsAs às 9h50. Um novo voo sairá às 16h15 e chegará em Guarulhos às 19hs.
Cansativo sim! Seria bom se fosse direto, mas para nós, foi a melhor opção!

;)Em relação à valores, as 3 passagem custaram R$ 2908,36, incluindo a do Léo (viagem internacional não é grátis. Nos custou 10% do valor). Um valor pouco mais caro que a passagem direta pela TAM, mas que nos eliminaria o final de semana e nos faria madrugar no aeroporto.

Agora, vamos começar a escolher os hotéis. Mais novidades, atualizo o post!

 


Seguro viagem

Muita gente não faz, mas ficamos com tanto receio da altitude e de trilhas que faríamos quando fomos para o Peru e decidimos fazer seguro saúde. Foi a primeira vez que fizemos e, desde então, começamos a fazer para todas as nossas viagens (principalmente agora, viajando com o Léo). Dependendo da gravidade, médicos vão até a tua hospedagem te medicar. E eles também reembolsam medicações! Caso você não saiba muito bem como funciona, leia também nosso relato:  Seguro viagem (Dicas para viajar grávida ou com crianças)

Faça uma simulação com a nossa parceira Seguro Promo. Ao inserir o código TURISTANDOIN5, você obtém 5% de desconto.


Hospedagem

Temos parceria com o Booking. Toda vez que você fizer uma reserva usando os links e banner deste blog, eles nos pagam uma pequena comissão. Este valor ajuda a manter o nosso blog. E' uma forma econômica de nos ajudar (pois você não pagará nada a mais para o Booking). Por isso,faça uma simulação com o banner na lateral desta página ou clique aqui.

Outra forma de nos ajudar com hospedagens: o AirBnb oferece R$ 100,00* de bônus para novos inscritos desde que tua hospedagem ultrapasse R$ 190,00 *(sem contar com a limpeza). Para isso, faça seu cadastro usando este link.

(*) como o valor é medido em base ao dólar, ele pode sofrer alterações. Leia antes as regras.


Aluguel de Carro

Outra parceria do blog é com a RentCars, que oferece bons valores para o aluguel de carro, além de parcelar e de não cobrar IOF para carros alugados no exterior. Para fazer uma simulação, clique aqui. Assim como as hospedagens e o Seguro, ao fazer sua reserva utilizando os links do Turistando.in, receberemos uma comissão e isso ajuda a manter o blog sempre ativo.


About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

Gostou? Tem dúvidas? Nos deixe uma mensagem: