Onde se hospedar no Chile com Crianças (Santiago, Valpo e Viña )

Onde se hospedar no Chile

Onde se hospedar no Chile com Crianças

Veja aqui algumas dicas de onde se hospedar no Chile com Crianças. Quem tem filhos sabe que nem todos locais aceitam bebês ou crianças ou nem todos os locais são ideais para os pimpolhos. Este post é mais voltado aos país que querem continuar a economizar frequentando hostels. Muitos aceitam crianças.

É o segundo que escrevo sobre este gênero. O primeiro foi sobre a Holanda, quando o Léo tinha apenas 1 ano. Em breve escreverei sobre todos os hostels que viajamos com ele.

Visitamos o Chile em julho de 2017 e ficamos em Santiago, Viña e Valparaiso. Foram 16 dias no país e dividimos nossa hospedagem desta maneira:

* 3 noites em Santiago no Bella 269.
* 2 noites em Viña  no Jaguar Hostel + Living
* 2 noites em Valparaiso  no Da Vinci Hotel.
* 5 noites no Casa Roble (o Léo passou mal e tivemos que cancelar nossa hospedagem no Hostel Rural Santa Maria)
* 3 noites no Providencia Hostel.

Onde se hospedar no Chile: Santiago

Compramos as passagens 6 meses antes, para liquidar algumas milhas que estavam para vencer. Escolhemos 16 dias, mas sem muito planejamento. Mais que isso seria demais para o Léo e menos que isso seria corrido demais.

Quando comecei a organizar de verdade o roteiro, percebi que seria corrido demais fazer o que eu queria (Santiago + Patagonia ou Santiago + Sul do Chile). Com isso, decidimos ficar por Santiago e intercalar a capital com 2 dias e Viña e 2 dias em Valpo.

Em Santiago nos hospedamos em 3 locais diferentes, mas todos perto de metrô, entre o bairro de Bellavista e Providencia.

São eles:

  • Hostal Bella 269

Varandinha

O hostel Bella 269 é dividido em dormitórios (prédio frontal) e suítes (prédio aos fundos) e nós nos hospedamos na suíte. Este prédio tem 4 andares com 2 suítes por andar e com isso, o quarto era bem silencioso, com uma pequena varanda e uma cama de casal grande.

O quarto tem um tamanho ok e a cama é espaçosa, o que fez o Léo dormir tranquilamente conosco. E ele também se sentiu bem nas áreas coletivas e até fez algumas “amizades”.

O ponto negativo deste hostel era não ter cozinha coletiva (em julho/2017), mas sua localização é muito boa, perto do metrô Belas Artes e de muitos pontos turísticos. Fizemos tudo a pé.

Leia a nossa resenha sobre o Hostal Bella 269 ou reserve aqui sua diária.

  • Casa Roble

Essa churrasqueira…..

O hostel Casa Roble foi outro que aceitou nos hospedar com o Léo. Ficamos nele após retornarmos do litoral (Viña e Valpo). Nos hospedamos em um quarto privado com uma beliche e banheiro.

O que gostamos neste hostel foi a área externa com churrasqueira a gás. Foram 5 dias comendo carne grelhada (o preço das refeições no Chile é bem caro. Um prato simples e nada elaborado custa por volta dos 5 mil pesos / pessoa).

O hostel é pequeno e tem pouca área coletiva, mas foi aqui que o Léo passou mal e os funcionários presentes naquele domingo fizeram de tudo para nos ajudar, cedendo o telefone para nosso uso e inclusive a nos encontrar um quarto de última hora para ficarmos mais 2 dias por lá (tivemos que cancelar de última hora nossa ida para as montanhas).

A localização é muito boa também. Se encontra perto do metrô Baquedano e está ao lado da praça homônima, com uma área de playground infantil. E por ser bem central, fizemos tudo a pé.

Leia a nossa resenha sobre o Hostal Casa Roble  ou reserve aqui sua diária.

  • Hostal Providencia

O hostel Providencia foi o maior de todos que ficamos, com muitos quartos e muitas salas coletivas. Um de seus pontos positivos certamente é o café da manhã, abundante e gostoso.

O curioso deste hostel é que ele é, ao mesmo tempo, party / backpacker e family hostel, e isso não afeta ou incomoda nenhum dos “grupos”, inclusive, os quartos são tranquilos e silenciosos.

A localização é muito boa também. Se encontra perto do metrô Baquedano e é possível ir até a praça homônima levar teu filho para brincar no playground infantil. E por ser bem central, fizemos tudo a pé. Ahhh…. e o staff fala português!

Leia a nossa resenha sobre o Hostal Providencia  ou reserve aqui sua diária.


Onde se hospedar no Chile:  Viña del Mar

  • Jaguar Hostel + Living


Simplesmente adoramos nossas 2 noites em Viña e esta cidade se tornou agradável, apesar de não ser exatamente nosso tipo, por causa da simpatia da anfitriã do Jaguar Hostel + Living.

O hostel fica em uma rua super tranquila, na parte residencial da cidade e relativamente perto da praia. O hostel é bem agradável e tem um café da manhã saboroso. O nosso quarto silencioso e tranquilo e imagino que deva ser uma delícia no verão.

Leia a nossa resenha sobre o Jaguar Hostel + Living.


Onde se hospedar no Chile: Valparaiso

  • Hotel Da Vinci

O Hotel Da Vinci, gerenciado por uma família italiana, foi o único hotel que ficamos no Chile e a escolha se deu não apenas pelas boas resenhas que lemos, mas por estar perto do centro e da parte baixa da cidade.

Caminhar com carrinho de bebê pode ser uma aventura em Valpo e aqui tivemos uma pequena elevação.

O hotel é bem central e fizemos praticamente tudo a pé. Eles tem um café da manhã delicioso e diversificado e nosso quarto era bem silencioso, ventilado e com um bom espaço.

Leia a nossa resenha sobre o Hotel da Vinci  ou reserve aqui sua diária.

 


Veja aqui uma lista de hotéis e pousadas para se hospedar em Santiago


 

Hostel com criança? Sim ou não?


Eu gosto bastante do clima descontraído dos hostels e não vejo problema nenhum em escolher esse tipo de hospedagem ao viajar com criança (prefiro gastar meu dinheirinho em restaurante! rsrsrsrs)!

Eu e meu marido, mesmo sem o Léo, sempre ficávamos em quartos privativos, então não tivemos um aumento em nosso orçamento.

O ruim é que nem todos hostels permitem crianças (seja pelo local ter clima de festa, com cigarros e bebidas, seja pelo fato de que uma criança chora e pode atrapalhar o sono do vizinho) ou tenha cama extra / berço.

Meu conselho:

Escolham locais que algum blogueiro que costuma viajar com criança tenha escrito uma resenha. Do contrário, entre em contato com eles via e-mail para saber se realmente aceitam crianças.

Procurem também informações sobre a tipologia deste hostel. Basicamente um hostel pode ser de Mochileiros (Backpacker Hostel – são mais baratos e alguns aceitam criança nos quartos privados); Party Hostel (esses não aceitam crianças de jeito nenhum, mesmo acompanhados dos pais) e os Family Hostel / Hostel Boutique.

E se você preferir um apartamento, você pode se hospedar no AirBnB e alugar um apartamento todo mobiliado (caso você nunca tenha usado, neste link te ofereço 100 reais de desconto).


Clique aqui para guardar este post no PINTEREST e ler depois.  🙂


Seguro viagem

Muita gente não faz, mas ficamos com tanto receio da altitude e de trilhas que faríamos quando fomos para o Peru e decidimos fazer seguro saúde. Foi a primeira vez que fizemos e, desde então, começamos a fazer para todas as nossas viagens (principalmente agora, viajando com o Léo). Dependendo da gravidade, médicos vão até a tua hospedagem te medicar. E eles também reembolsam medicações! Caso você não saiba muito bem como funciona, leia também nosso relato:  Seguro viagem (Dicas para viajar grávida ou com crianças)

Faça uma simulação com a nossa parceira Seguro Promo. Ao inserir o código TURISTANDOIN5, você obtém 5% de desconto.


Hospedagem

Temos parceria com o Booking. Toda vez que você fizer uma reserva usando os links e banner deste blog, eles nos pagam uma pequena comissão. Este valor ajuda a manter o nosso blog. E' uma forma econômica de nos ajudar (pois você não pagará nada a mais para o Booking). Por isso,faça uma simulação com o banner na lateral desta página ou clique aqui.

Outra forma de nos ajudar com hospedagens: o AirBnb oferece R$ 100,00* de bônus para novos inscritos desde que tua hospedagem ultrapasse R$ 190,00 *(sem contar com a limpeza). Para isso, faça seu cadastro usando este link.

(*) como o valor é medido em base ao dólar, ele pode sofrer alterações. Leia antes as regras.


Aluguel de Carro

Outra parceria do blog é com a RentCars, que oferece bons valores para o aluguel de carro, além de parcelar e de não cobrar IOF para carros alugados no exterior. Para fazer uma simulação, clique aqui. Assim como as hospedagens e o Seguro, ao fazer sua reserva utilizando os links do Turistando.in, receberemos uma comissão e isso ajuda a manter o blog sempre ativo.


About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

10 thoughts on “Onde se hospedar no Chile com Crianças (Santiago, Valpo e Viña )

  1. Nunca ficamos em hostels, mas gostei de saber que existem opções que se preocupam com o conforto das crianças. Ter uma boa noite de sono é essencial para uma viagem prazerosa, principalmente para os pequenos que precisam descansar ainda mais.
    Obrigada pelas dicas.

  2. Ótimas dicas e informações! É sempre bom receber dicas de hospedagem, principalmente quando a dica é sobre lugares para levar as crianças. Amei!

  3. Também sou super fã de hostel, uma coisa mais informal e que deixa a gente mais a vontade na viagem! Chile é um país que volto sempre que posso, anotei suas dicas e quem sabe na próxima eu não carimbo meu passaporte em uma das suas indicações, Ju?
    Eu gostei muito da carinha do Hotel da Vinci, em Valpo. Que é justamente um dos destinos que quero tanto tanto voltar! 🙂

  4. Também amo clima de hostel e já fiquei em alguns que tinham crianças! Achei super legal! Realmente os Party Hostel não são indicados, tem barulho e bebida demais. Mas acho bem tranquilo ir com criança em outros tipos de hostel!

  5. Muito bom este post e muito útil! Encontrar um bom hostel para se hospedar com crianças pequenas pode não ser tão fácil né, e ouvir a opinião de alguém que fala com propriedade é de muito valor. Obrigada!

Gostou? Tem dúvidas? Nos deixe uma mensagem: