O Rio de Janeiro…

Rio de Janeiro
Compartilhe:
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

E “o Rio de Janeiro continua lindo”…. como já dizia a letra da música de Gilberto Gil…aquele abraço!
Turistandoin Brasil Rio de Janeiro Karina (11)
De ônibus SP – Rio, a viagem dura cerca de seis horas. Do terminal Tiete a passagem em semi-leito custou a bagatela de R$91,00, muito bem pago e servido. A viagem durou a noite quase que inteira e acordei com o Cristo Redentor me dando “bom-dia”.
A entrada na linha vermelha e a região da rodoviária, não é nem um pouco atraente e espanta o turista que espera encontrar as maravilhas da cidade, logo de cara. Chegando na rodoviária, o mais indicado é pegar um táxi “amarelinho”na porta da rodoviária. De lá ao centro velho não sai mais que R$20,00, mas desconfiada, peguei o táxi credenciado dentro da estação, e pasmem, custou R$35,00.

 

Fiquei no Art Hostel Rio que fica a menos de cinco minutos do metrô Catete, no centro. Porém, apesar do ambiente super agradável  e da boa localização, as habitações eram minusculas e não possuíam janelas ou ar condicionado, ou seja, com aquele calor insuportável de quase 40, é quase impossível depender de um singelo ventilador de teto.

Turistandoin Brasil Rio de Janeiro Karina (5)Aproveitei o dia para conhecer a famosa Lapa com seus grandiosos arcos; deu para ir a pé do hostel (uns 30 minutos). Passei pela escadaria Selarón, uma viela decorada por milhares de azulejos do mundo inteiro, uma verdadeira obra de arte do artista chileno, morador e simpático Selarón. De lá, segui para a Praia de Ipanema onde o sol já ardia. Mais a tarde, resolvi ir até o Arpoador ver o pôr do sol…infelizmente era mais vento que sol…no entanto, deu para apreciar num ponto fabuloso o belíssimo mar. A noite, a Lapa se transforma na “praia”da boemia  com seus bares e baladas e o povo todo na rua. Tinha até um grupo de samba nos arcos, fazendo uma batucada interessante e autêntica.

O dia seguinte estava reservado para a minha mais esperada atração: o Corcovado. O esquema é chegar lá cedo. Comprei o ingresso para o bondinho por R$41,00, mas há a opção de ir por van que sobe o morro por R$25,00. Mas turistando pelo Rio, não podia perder a oportunidade. Até chegar ao topo demorou uns 20 minutos, com direito a sambistas no vagão para a alegria dos gringos…it’s Brazil! Chegando no Cristo Redentor, a pose clássica do braços abertos para uma foto. Incrível a vista de lá, simplesmente maravilhoso!

 

Aproveitei que fazia quase 37 graus, resolvi pegar uma praia em Copacabana, a princesinha do mar. No seu famoso calçadão de ondas, na avenida Atlântica está o quieto e simpático poeta mineiro, Carlos Drummond de Andrade,  em seu banco, observando a orla da praia e sendo disputado para as tradicionais fotos em seu banco. Logicamente, não pude resisti e fui prestigiar um dos meus escritores favoritos. Felizmente ele estava com seus óculos intactos!

Além do Cristo,  é imprescindível visitar o Pão de Açúcar com seus bondinhos elétricos  Peguei o bus que ia para a Urca e fui até o famoso morro. O ingresso para subir no bondinho e conhecer o Pão de Açúcar e o parque turístico custou R$ 53,00, mas caso, tenha a carteirinha de estudante, é possível pagar meia. A primeira parte do morro, é bem agradável, e passaria horas sentada naqueles bancos admirando a cidade do alto, mas para se chegar ao Pão de Açúcar é necessário pegar outro bondinho que te leva ao ponto mais alto, onde é possível avistar de lá as praias, o Cristo Redentor, e até o Aeroporto Santos Dummont. Valeu cada centavo essa visita que deu para ver o panorama da cidade, com seus contrastes de morros e favelas, com mansões e redutos particulares. Fantástico!
Turistandoin Brasil Rio de Janeiro Karina (10)Um lugar bem interessante que conheci, fora da rota turística foi a Praça do Machado, onde ficam expostas diversas barracas de sebos com inúmeros livros para todas as idades e gostos. Os preços também são tentadores: R$5,00, R$10,00…muito barato! Vale a pena conhecer!
Um parênteses: o metrô carioca é bem simples (R$2,70) pois possui apenas duas linhas: a verde (norte) e a laranja (sul), praticamente uma vai e a outra volta. http://www.metrorio.com.br/imagens/diagrama.pdf  Dá para conhecer várias praias, utilizando o metrô, igualzinho Sampa! Curiosidade: a linha azul que aparece no mapa, na verdade, diria que é o metrôbus, ou seja, você faz o trajeto por ônibus. Também não entendi muito bem a lógica. La no Rio também, em um horário restrito, tem o vagão “rosa”, exclusivo para mulheres, essa medida foi tomada depois de inúmeros casos de abusos contra as mulheres nos vagões lotados, vergonhoso isso…Mas enfim, foi criado essa alternativa como forma de resolver o “problema” machista.

 

E para finalizar o passeio, não podia deixar de visitar a grandiosíssima Biblioteca Nacional que fica a menos de 5 minutos do metrô Cinelândia.  Fiz a visita guiada, gratuita que conta o quão rico de histórias estão preservados naqueles acervos.  Aos arredores da Biblioteca, está o suntuoso Teatro Municipal, a Igreja da Candelária e o Museu Nacional de Belas Artes, obras de arquitetura francesa e construídas no inicio do seculo XX. Infelizmente, a cidade não é tratada como deveria pela prefeitura, observei que havia vários pontos com acumulo de lixos e entulhos pelas ruas, e em muitos lugares, exalando cheiros nada agradáveis para uma cidade maravilhosa. Será que o prefeito está ciente que o Rio sediará dois dos maiores eventos mundiais de esportes, muito em breve?!

 

 

Enfim, o Rio é uma miscigenação só; é a cidade do prazer, do lazer, da história. As pessoas caminham pela orla sem parecerem se preocupar com o vai e vem da rotina, se misturam rico, pobre, anônimo e famoso. Contrasta a praia que é de todos com a favela da comunidade. O Rio guarda incríveis paisagens e para quem é um turista de primeira viagem à cidade, não pode deixar de conhecer esses pontos.


Compartilhe:
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seguro viagem

Muita gente não faz, mas ficamos com tanto receio da altitude e de trilhas que faríamos quando fomos para o Peru e decidimos fazer seguro saúde. Foi a primeira vez que fizemos e, desde então, começamos a fazer para todas as nossas viagens (principalmente agora, viajando com o Léo). Dependendo da gravidade, médicos vão até a tua hospedagem te medicar. E eles também reembolsam medicações! Caso você não saiba muito bem como funciona, leia também nosso relato:  Seguro viagem (Dicas para viajar grávida ou com crianças)

Faça uma simulação com a nossa parceira Seguro Promo. Ao inserir o código TURISTANDOIN5, você obtém 5% de desconto.


Hospedagem

Temos parceria com o Booking. Toda vez que você fizer uma reserva usando os links e banner deste blog, eles nos pagam uma pequena comissão. Este valor ajuda a manter o nosso blog. E' uma forma econômica de nos ajudar (pois você não pagará nada a mais para o Booking). Por isso,faça uma simulação com o banner na lateral desta página ou clique aqui.

Outra forma de nos ajudar com hospedagens: o AirBnb oferece R$ 100,00* de bônus para novos inscritos desde que tua hospedagem ultrapasse R$ 190,00 *(sem contar com a limpeza). Para isso, faça seu cadastro usando este link.

(*) como o valor é medido em base ao dólar, ele pode sofrer alterações. Leia antes as regras.


Aluguel de Carro

Outra parceria do blog é com a RentCars, que oferece bons valores para o aluguel de carro, além de parcelar e de não cobrar IOF para carros alugados no exterior. Para fazer uma simulação, clique aqui. Assim como as hospedagens e o Seguro, ao fazer sua reserva utilizando os links do Turistando.in, receberemos uma comissão e isso ajuda a manter o blog sempre ativo.


4 thoughts on “O Rio de Janeiro…

  1. Eita que o RJ continua lindo mesmo. =D Ainda que essa cidade tenha milhões de problemas com segurança a beleza dela será sempre superior a isso tudo e espero que supere o problema de segurança para continuar recebendo muitos e muitos turistas.

    Que texto mais gostoso de acompanhar, me senti andando de chinelo e chapéu pelas ruas do Rj em um dia de sol, aproveitando mais um pouquinho dessa agradável cidade!!!!

  2. Ju, queria te receber aqui no Rio qualquer dia! Tem tudo isso de assustador que a Karina Bibiano relatou, mas tem também tanta coisa bonita! A fachada da Biblioteca Nacional está em reforma há anos, mas por dentro ela continua linda como a Karina viu! E o vizinho museu de belas artes é um pedacinho pequeno de um museu europeu!
    O charme das praias da Zona Sul continuam encantando novos e velhos poetas! O metrô cresceu um pouquinho, ganhou mais uma extensão de linhas e alguns centavos a mais no preço… E continua com a loucura do metro de superfície que funciona em um ônibus hahaha
    O cristo redentor de braços abertos é lindo, mas não é minha atração favorita na cidade (inclusive, hoje é melhor comprar o ingresso pela internet, porque funciona com horário agendado!). A minha vista favorita é dividida entre o famoso Pão de Açúcar ou o menos conhecido Mirante Dona Marta. Os dois valem a visita e são de suspirar!
    O Rio te convida para uma roda de samba, para uma boemia de bambas, para uma peça de teatro a preço popular no Theatro Municipal ou um recital de poesia no Parque das Ruinas. Continua lindo, sim! Contrastante, sempre. Mas lindo também! Vem, Ju!

  3. Ah, Ju… que texto mais lindo de uma cidade mais linda ainda… Suas palavras saíram cheias de bossa, assim como o calçadão de Copa que dança e balança.

    Mil e duzentas vezes nessa cidade e ainda tenho muito para ver, descobrir, apreciar, viver… gosto tanto deste purgatório da beleza e do caos… 🙂 bjus

Gostou? Tem dúvidas? Nos deixe uma mensagem: