Praia, história, música: descubra 7 cidades imperdíveis de Cuba, de Havana a Santiago

cidades de Cuba

Quer saber quais são as 7 imperdíveis cidades de Cuba que a jornalista Luísa Dalcin, do blog do Viajala.com.br, conheceu? Ela passou 30 dias na ilha caribenha e conta por que vale a pena descobrir como é a vida por lá.

As 7 imperdíveis cidades de Cuba

Camaguey - CubaCuba está mudando: a morte de Fidel Castro e a retomada de relações diplomáticas com os Estados Unidos fizeram com que inúmeros viajantes colocassem a ilha como prioridade, para conhecê-la antes de prováveis aberturas econômicas e modernizações.

Realmente, vale a pena conhecer Cuba enquanto ela ainda está lá, paradinha no tempo.
É mais trabalhoso? É!
Imagine organizar uma viagem, comprar passagens de ônibus ou avião, pesquisar sobre destinos, tudo isso sem internet. Reservar um hotel, por exemplo, envolve ir até uma agência, esperar horas pelo atendimento de um único funcionário, usar um orelhão na rua para confirmar se há vagas, pagar em dinheiro e receber comprovantes de compra escritos à mão num pedacinho rasgado de papel.

Mas mesmo com toda a dor de cabeça que pode (e vai) dar, o movimento #vaipracuba vale a pena: além da sensação de viver em outro século ser muito divertida, o povo cubano é receptivo, a música é encantadora, a comida é deliciosa e baratíssima, e o que se vê pelo caminho é realmente inesquecível.


Veja também nossos posts sobre Berlim


  • Havana

Havana - CubaHavana é a capital da ilha e é a primeira das minhas cidades de Cuba. Nela é bem fácil se hospedar em casas de cubanos, tem ofertas de todos os preços em regiões bem centrais. Fundada em 1514, Havana tem hoje mais de dois milhões de habitantes – e isso fica bem perceptível nas ruas do Centro Histórico (ou La Habana Vieja), sempre lotadas.

O melhor é aproveitar algum dos inúmeros restaurantes da Calle Obispo, sempre com comida farta e gostosa, acompanhada de boa e intensa música cubana, e terminar o passeio na Plaza de Armas, a mais antiga das praças coloniais da região, que data de cerca de 1520.

Tire um dia para conhecer o Castillo de los Tres Reyes del Morro, forte militar levantado entre o final do século XVI e o começo do XVII, que guarda a vista mais sensacional de Havana.

A Ana do Espiando pelo mundo também sugere caminhar pelo Malecón para sentir a brisa do mar, mas principalmente para apreciar o lindo pôr do sol:

  • Matanzas

Matanzas - CubaA pequena Matanzas é a segunda das minhas imperdíveis cidades de Cuba.
Ela 
foi fundada em 1693 e não é das mais famosas cidades de Cuba, mas fica no caminho entre Havana e Varadero e merece ao menos uma passada rápida.

Dê uma volta pela praça principal, visite o Teatro Sauto, inaugurado em 1863, e pare para uma cerveja no pitoresco Plaza La Vigia, uma construção do século XIX que virou um convidativo boteco pé sujo.
Termine com um passeio pela ponte, na beira do rio.

  • Varadero

Paraíso de resorts, é um dos únicos lugares onde não me hospedei na casa de cubanos e curti um pouco de mordomia.
Os resorts de Cuba são muito acessíveis e são a melhor opção para quem quer descansar com o pé na areia, sem se incomodar. E não há como negar: o mar de Varadero é um dos mais bonitos que já vi.

  • Cienfuegos

Cienfuegos - CubaLa perla del sul de los cubanos, a cidade mais europeia da ilha.
Cienfuegos foi colonizada por franceses em 1819 e tem até Arco do Triunfo no centro histórico.

Depois de caminhar por ali, vale pegar o caminho da orla pelo Paseo El Prado e terminar no restaurante Palacio de Valle, uma inacreditável construção de arquitetura moura de 1913 à beira do Caribe, riquíssima em detalhes do piso ao teto.

O terraço é especialmente atrativo para um drink no fim do dia.

  • Trinidad

Trinidad é um charme à parte: a pequena cidade histórica no meio da serra foi fundada no século XVI e, por ser Patrimônio Mundial da Unesco, mantém sua arquitetura preservada. É impossível não se encantar com os jardins da Plaza Mayor e com cada porta e janela das casinhas coloniais.

Nas torres de Igrejas e museus, dá para ver a cidade de cima, cercada pelas montanhas. Aproveite o melhor da gastronomia cubana (prove o drink Canchánchara, feito com rum, limão e mel, típico dessa região) e termine o dia na Casa de La trova, para ouvir a tradicional música da ilha.

  • Camaguey

Camaguey - CubaCamaguey é uma cidade grande de ruas tortas como num labirinto – segundo a tradição, os fundadoras da cidade a construíram dessa forma em 1514 para protegê-la e dificultar o trabalho de invasores.

O ponto alto é a Plaza del Carmen, onde fica uma exposição permanente de esculturas em tamanho natural da artista plástica cubana Martha Jimenez. Ao lado, está o ateliê de Martha, com outras peças à venda.

  • Baracoa

Em Guantánamo, Baracoa parece uma cidade completamente esquecida – as construções estão caindo aos pedaços e as ruas são cheias de “puxadinhos”, um sobre o outro. Mas as praias ao redor de Baracoa são desertas, selvagens e de um mar verde esmeralda inesquecível.

  • Santiago

Santiago - CubaÉ uma referência de cidade grande e organizada de Cuba: menos caótica que Havana e mais urbana que outros lugares por onde passei.

O Parque Césped, onde trovadores compõem a trilha sonora do dia enquanto pedem por moedas, abriga a Catedral e a Casa Museu de Diego Velásquez, espanhol que governou Cuba no começo de 1500.

A casa foi construída entre 1516 e 1530 e é a mais antiga casa de pé até hoje no país. Em frente, fica o Hotel Casa Granda, construído em 1914. Lá, dá para subir no terraço para uns drinks, assistir ao pôr do sol e ainda ouvir mais um pouco de boa música.
Em julho, acontece o carnaval e a festa toma conta das ruas, praças e avenidas.

 

Veja aqui uma lista de hotéis e pousadas para se hospedar em Havana


Salve este post dentro do Pinterest para ler depois e siga nosso perfil!
🙂

About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

24 thoughts on “Praia, história, música: descubra 7 cidades imperdíveis de Cuba, de Havana a Santiago

  1. Morrendo de vontade de conhecer cuba desde que a minha sócia no blog esteve por lá e publicou alguns posts. Problema é que hoje morando na Ásia essa é uma viagem longa de mais para fazer tendo tantas coisas legais para explorar por essas bandas do lado de cá do mundo.

  2. Até hoje me arrependo de não ter realizado uma viagem comprada no Groupon que não foi honrada, e que anos depois vim a ganhar um processo judicial. Esse dinheiro deveria ter ido para uma viagem a Cuba. Agora, com filhos pequenos, o planejamento tem que ser ainda maior. Adorei o post, está sensacional, ao menos Havana, Varadero e Cienfuegos quero conhecer. Parabéns!

  3. Eu tenho muita vontade de ir para Havana, confesso nunca ter pesquisado muito sobre Cuba e não tinha muita ideia do que fazer por lá.

    Tá aí, tem mta coisa bacana!

    O que é aquele mar da Varadero??? Uma piscina? Não é possível aquela cor rsrs e aquele pôr do sol? Já sei o que vai me conquistar nesse país!

  4. Estive em Cuba em 2009 e visitei praticamente todas as cidades! Ficou a faltar Bacaroa, que terei de conhecer numa futura visita à ilha! Cuba é um destino maravilhoso ao qual quero mesmo voltar!

  5. Muito legais as dicas. Cuba ainda mantém sua identidade, mesmo com a crescente troca cultural e imersão na globalização. Linda, linda!

Gostou? Tem dúvidas? Nos deixe uma mensagem: