Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)

Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)
Compartilhe este post:

Como é o almoço e a janta na Itália (pranzo e cena)

O post da série Italiano para viagem  desta semana será sobre as etapas de uma refeição italiana. Semana passada o tema foi sobre o café da manhã italiano.689e4337a399ecacc6f9b8ee442b3658 Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)

Como disse nos posts anteriores, além de blogueira, sou professora de italiano e decidi escrever aqui algumas dicas de italiano para viagem.

Farei uma pequena série de postagens sobre o tema, que serão postados semanalmente aqui no blog, todo sábado às 10h. Os posts seguiram a etiqueta “Italiano para viagem“. Siga o blog clicando na aba preta no canto inferior direito da tela para receber notificações de novos posts! Irei inseri no final do post os artigos já publicados.

Antes de começar, quais são as refeições (pasto) italianas?

O dia inicia com a colazione, isto é: o café da manhã; Caso teu hotel ofereça café da manhã, terá a seguinte informação: colazione compresa.
Depois vem o pranzo, isto é: o almoço e termina com a cena, isto é: o jantar!

O que eu preciso saber sobre gastronomia na Itália antes de pisar no país?

pasta 1181189 640 376x250 Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)Itália não é apenas um lindo país cheio de arte, ruínas romanas e prédios lindos. É o país da gastronomia mediterrânea por excelência e da Gastronomia típica regional.

O orgulho que o país tem de sua gastronomia vai além da pizza! Além da massa e do sorvete. Cada região tem a sua especialidade e é muito fácil encontrar um “ristorante típico pugliese, toscano, lígure, veneto e etc”.

Eles dão muito valor à comida típica e não apenas: dão valor ao slow food! Se você nunca ouviu falar sobre isso, saiba que é o contrário do Fast Food. A ideia nasceu na região do Piemonte e não significa apenas comer devagar, mas comer bem, com produtos orgânicos, feito principalmente por um produtor local e, com isso, eles acabam apreciam muito a comida regional!

Portanto, se tua ideia é economizar, tente pelo menos procurar um restaurante genuíno, que não sirva o famoso menu turismo! E isso não significa comer em restaurante caro!

Quais são as etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)

Falarei aqui na refeição italiana completa. Não aquela que se come diariamente.
Normalmente, o almoço italiano é mais pesado que a janta, mas antes de entrar em um restaurante, você precisa conhecer a ordem da refeição italiana.

Diferente dos pratos brasileiros, o italiano não curte misturar coisas no mesmo prato e nem mesmo comer tudo no mesmo momento.
Com isso, um prato só vem quando você acaba outro. Oficialmente, a sequência de um almoço ou jantar é a seguinte:

* Antipasto

A primeira etapa de uma refeição italiana é o antipasto que consiste em frio fatiados (affettati), pedaços de queijos (formaggio), azeitonas (olive) e verdura cozida (meu prefiro é o carciofini, ou pedacinhos de alcachofra em conserva). Pães, croquetes e azeite também aparecem por aqui!

food platter 2175326 640 376x250 Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)

* Primo Piatto

pasta 3219646 640 376x250 Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)A segunda etapa de uma refeição italiana se chama Primo Piatto, ou seja primeiro prato. Este é o prato principal, normalmente composto de um carboidrato. É aqui que se encontram as massas (pasta) e os risotos, mas também fazem parte a zuppa / minestra e o brodo (sopa e o caldo).

Existem infinitos tipos de massa, ou melhor: formato de massa (pasta). Cada região tem uma sua exclusiva, mas pode ter certeza que você não vai se perder. Muitos nomes são idênticos aos que usamos no Brasil (spaghetti, penne, fusilli, gnocchi, farfalle, rigatoni e etc).
Existem também tipos que são recheados (ripieno).

Após escolher o tipo de massa, vem o tipo de molho (sugo) e agora, aumenta exponencialmente a quantidade de pasta. O bom é que muitos também são idênticos aos que usamos no Brasil: Al sugo, al pesto, al pomodoro, aglio e oleo, ragù (próximo da nossa bolonhesa);
Lembrando que existem muitos molhos picantes (piccanti), como o alla putanesca, alla diavola, all’arrabbiata

Atentos: Em aula, eu sempre brinco pedindo para que meu aluno me forme em italiano o pedido: Quero um “penne all’arrabbiata”.
Bom, mesmo desconfiados (eu não iria perguntar do nada), muitos me respondem: “Vorrei un penne all’arrabbiata”.
Alguns acham que a questão está no uso do verbo Vorrei (Gostaria – forma mais educada de pedir algo em italiano), mas o problema está no gênero da palavra penne.

Penne é plural feminino de penna (caneta); O problema é que pene (com 1 “n” e no masculino) significa pênis. Em soma, você estaria pedindo um “pênis nervoso” (hehehehehe).

Então, qual seria a forma correta de pedir este prato? Para não errar, diga: Vorrei un piatto di penne”

* Secondo Piatto

A terceira etapa de uma refeição italiana se chama Secondo Piatto ou segundo prato. É o que chamamos aqui em SP de “mistura”, normalmente composto de uma proteína de carne branca ou vermelha. E diferente de nós, eles não têm muita criação de bois. Com isso, não é raro encontrar carnes de coelho, cordeiro, patos e até mesmo de cavalo.

* Contorno

É o prato que nos fará digerir bem tudo o que comemos anteriormente. Normalmente é a salada (insalata), mas pode ser alguma verdura cozida e até mesmo batata frita!

salad 791891 640 376x250 Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)

Atenção: Dei aula para um senhor que queria apenas aprender vocabulário turísticos. Tudo isso por causa de uma experiência que ele teve em um restaurante anos antes de me contratar.

Ele me disse que entrou em um restaurante e pediu uma salada. Imagino eu que ele não tenha sido simpático e nem sequer tentou falar em italiano. A salada demorou muito para chegar. Quando ele chamou a atenção do garçom, o mesmo disse:
Você não fez ainda o seu pedido!” E quando meu ex-aluno retrucou que havia pedido a salada, o garçom respondeu: “Salada é a última coisa que se pede”!

Se você insiste em iniciar com uma salada, peça com educação: “Vorrei iniziare il mio pranzo (cena) con un’insalata, per favore”!

* Dessert (frutta o dolce)

Sim… não acabou! Ainda tem a sobremesa!
Ela pode ser um sorvete (sorbet ou gelato), uma salada de frutas (macedonia), frutas frescas (frutta della stagione) ou algum doce, tipo tiramisù, pannacotta, cannoli siciliano e etc.

italian food 2157246 640 376x250 Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)

* Un digestivo

Para acabar de vez esta saga, nada melhor que um digestivo. Normalmente é o caffè corretto (com grappa – aguardente), um liquore como o limoncello ou a própria grappa.

cup 3158274 640 376x250 Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)

Lembrando-se que: Tudo isso não vem a mesa na mesma hora. O garçom irá te mandar o primo apenas após o antipasto acabar e o segundo quando o primeiro acabar. Talvez em um restaurante com menu turístico os pratos venham misturados – rsrsrsrs.

E se eu não quiser comer tudo isso?

Simples: é só dizer que você quer apenas um primo, ou um secondo, desta forma: “Vorrei solo un primo”; “Vorrei solo un secondo”. “Vorrei solo l’antipasto”!

E se a ideia é pedir tudo junto, peça desta forma: Vorrei il primo e il secondo insieme (acho que eles aceitam – rsrsrs) ou entao, se a ideia é dividir com o/a companheiro/a:  Vorrei un primo piano e lei (lui) un secondo!

Dicas:

* Muitos restaurantes cobram uma taxa para o “coperto”, que nada mais é que a mesa posta. A taxa pode variar de restaurante para restaurante. Vale a pena perguntar antes de entrar qual é o valor!

* Se você quer experimentar uma refeição genuína, fuja dos restaurantes com “menu turístico”. O único restaurante do gênero que entrei na Itália foi em Roma, com umas amigas e direi sul serio: ainda bem que paguei apenas 5€ pelo tal prato!

Como pedir algo no restaurante?

Como me empolguei demais neste post, em breve tem a continuação, na qual mostrarei um pouco do vocabulário para pedir algo em restaurantes!


Aproveite e siga o Turistando.in nas redes sociais e clique no círculo abaixo para salvar este post no Pinterest:

pinterest e social 2 Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)

Pin do Pinterest


As imagens deste post e dos pins foram retirados do site Pixabay – Commom Creative 2.0

pinit fg en rect red 28 Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)

Compartilhe este post:

Planeje a tua viagem conosco

Clicando nas imagens abaixo, você encontra preços especiais e ainda ajuda o blog sem gastar nada!

About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

16 thoughts on “Italiano para Viagem: As etapas de uma refeição italiana (almoço e janta)

  1. Nem preciso dizer que adorei o post, Juliana! Tava faltando esta sua especialidade aqui no blog. As únicas vezes em que tive refeições assim completas foi porque estavam inclusas na hospedagem – e claro que não consegui comer tudo! Em geral, peço só uma salada (que normalmente são deliciosas e bem servidas) ou uma massa – e nunca ganhei cara feia de garçom por isso, não.

  2. Eu só fui uma vez em um restaurante com essa estrutura italiana no Brasil e adorei, desde o antipasto até a sobremesa. Espero ter oportunidade de logo conhecer na Itália, deve ser uma experiência muito massa. Amei o post, apesar da fome que deu, hahaha.

  3. Foram somente em algumas refeições, em que estávamos dispostos a comer, só uma salada ou só uma carne, então faltou vocabulário mesmo. Pela falta de tempo, querendo aproveitar ao máximo, caímos muito no menu turístico, mas nada que nos tenha deixados chateados, de maneria geral ficamos satisfeitos. Durante toda a viagem, foram somente em dois momentos (aeroporto em Roma e estação ferroviária em Firense) em que pude experimentar o temperamento do Italiano, sem muita paciência para dar informação, mas, já estava vacinado para estas situações kkkk.

    1. Bom, espero então que este guia te ajude e tua pròxima ida à Itália!
      😉

      Muitos alunos meus reclamaram dessa falta de paciência dos italianos e a maioria delas foi em Firenze! No fundo eu entendo! Cidade pequena, lotada de turista, que tira a liberdade dos moradores. Deve ser realmente incomodo!

  4. Itália, Itália!!!! Quantas saudades, país maravilhoso em todos os sentidos, acho importantíssimas essas dicas, tive dificuldades em pedir o que queria nas refeições, com certeza, vou me sair melhor na próxima. Valeu!!!

Deixe aqui teu comentário ou tua dúvida:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.