Escolhendo teu albergue!

escolhendo albergue

Escolhendo albergue

Eu nem irei aqui discutir o que é melhor: albergue ou hotel! Cada um tem a sua preferência!

Confesso que, quando comecei a viajar em 2006, não conhecia albergues e nem tinha vontade de ir. Tinha receio de que albergue seria sinônimo de baderna e muquifo!
Claro que em um albergue, ou hostel, não tem o conforto e a mordomia de um hotel, mas acho que é ai que mora a graça!
turistandoin hotelPrimeiro porque, geralmente, os donos dos hostels e os gerentes são as mesmas pessoas e, além da conversa, eles estão sempre prontos a ajudar.
Alguns dos funcionários são viajantes que, para conhecer mais o local, fazem bicos nas recepções;
O público (uma maioria jovem, mas já vimos casais com filhos e idosos) de uma forma geral, é bastante comunicativo e simpático. Diferente do seco bom dia que ouvimos nos elevadores dos hotéis em um hostel ouviremos um caloroso Bom dia! De onde você é? Para onde você vai? Já foi neste local? e etc.
Em suma, é um ambiente fantástico para conhecer pessoas e trocar ideias de viagens!

E todo mundo sempre tem histórias para contar de seus albergues….

Eu presenciei uma das cenas mais engraçadas da minha vida. Estava no HI de Zurique e, durante o café da manhã, me sentei próxima de um jovem casal com dois filhos; um de colo e outro com uns 3 ou 4 anos. Em um certo momento, o mais velho tentou conversar com outro menino da mesma idade, mas que falava outro idioma que não era o dele. Ao ver que não conseguia entender o outro garoto, esse menino fala, em inglês: “Mamãe, ele ainda não sabe falar!”! Foi riso geral!

Outra vantagem dos albergues para quem precisa economizar: uso coletivo da cozinha! Você pode preparar um macarrãozinho e até mesmo compartilhar com outros mochileiros. Na Argentina oferecemos uma massa à um francês que sentou-se conosco e nos ofereceu carne de carneiro! E juntos, comemos bem e bebemos muito vinho!
Claro que, a chance de entrar em furadas é grande demais, por isso é importantíssimo pesquisar muito bem o albergue em questão antes de o reservar. Os sites de reservas (hostelbookers por exemplo) perguntam às pessoas que reservaram albergue com eles, como foi a hospedagem; com isso, você poderá analisar o que os turistas e mochileiros acharam do local.

 

O mesmo vale para o site do Tripadvisor. Geralmente estes sites ranqueiam os hoteishosteis a partir de comentários de usuários. Eu diria que são confiáveis!

Outra coisa para quem nunca pisou em um albergue: nem todos os quartos e banheiros são coletivos. Sim, existem quartos privativos com banheiro interno! E’ só procurar que vocês acham!
😉

About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

Gostou? Tem dúvidas? Nos deixe uma mensagem: