A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

Você conhece a arquitetura moderna de Roterdã? Destoando da arquitetura típica europeia, Roterdã, na Holanda, ousou com prédios esquisitões e modernosos.

A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

Quando pensamos em arquitetura moderna, dificilmente pensamos na Europa, não é? A gente pode até pensar em um monumento ou outro em uma cidade, mas geralmente é uma construção que destoa e não conversa com o restante da cidade.

Isso não acontece em Roterdã, uma cidade moderna e bastante interessante para um bate e volta a partir de Amsterdã e que com trem se encontra apenas a 30 min da capital. A cidade é pequena e, se voce acorda cedo e gosta de fazer as coisas correndo, até que dà para ver muita coisa em apenas um dia. Tenho um post com 10 atrações grátis em Roterdã em 1 dia, mas aconselho dormir pelo menos uma noite e, quem sabe, usar a cidade para fazer um bate volta à Kinderdijk, Delft e até mesmo Haia.

Mas porque Roterdã tem uma arquitetura muito moderna?

Bom, como muitas cidades europeias portuárias, Roterdã foi destruída na 2° guerra mundial pelas tropas alemã. O que quase todos os países fizeram fora reconstruir suas cidades como ela era antes, a partir de fotos e registos.

Em Roterdã, os governantes optaram por modernizá-la, ao invés de reconstruí-la como era no passado. É possível ver alguns prédios antigos, que resistiram aos ataques, mas a maioria dos prédios é novo, moderno e muito diferente.

A arquitetura da cidade realmente faz a diferença e aqui irei mostrar alguns.

Dica: Para quem quiser circular pela cidade usando o meio de transporte, aconselho a adquirir o Welcome Card (você pode comprá-lo neste link). O nosso eu retirei em um quiosque na estação central. Lembrando-se que na Europa não existem cobradores dentro dos transportes, então pode ser bem útil o card!

1) A Estação Central ou Centraal Station

A arquitetura moderna de Roterdã na Holanda 15 A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

Se vamos falar da arquitetura moderna de Roterdã, precisamos começar pela estação, não é? Após passar a catraca, vocês estarão em um imenso saguão, com uma tela plana gigantesca na parte superior passando um vídeo qualquer.

Do lado de fora, você encontrará a arquitetura maluca deste prédio (e dos prédios ao redor)! Se o tempo estiver belo, os prédios espelhados ao lado refletirão a cor do céu azul em suas paredes


2) As casas Cubos ou Kijkkubus

A arquitetura moderna de Roterdã na Holanda 10 A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

A maior doidura arquitetônica certamente é o corredor de casas amarelas em forma de cubos inclinados em 45°. As casas cubos foram feitas em cima de uma passarela pelo arquiteto Piet Blom na década de 80 e você pode entrar em uma que é aberta para visitação, ou se hospedar ali dentro.
Exato! Foi em um desses cubos que nos hospedamos. Há um hostel dentro de umas casas cubos!

Veja como foi a nossa estadia no hostel StayOkay

E para os amantes de fotografia, essas construções rendem fotos em ângulos interessantes.

A arquitetura moderna de Roterdã na Holanda 2 A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

Para chegar até lá da estação central, pegue o bonde 24 em direção à De Esch e desça na estação Rotterdam Blaak (a 5° parada). As casas cubos estarão logo em frente!


3) O mercadão central ou Markthal

A arquitetura moderna de Roterdã na Holanda 5 A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

Vamos para mais um exemplo da arquitetura moderna de Roterdã? Você desceu na estação Blaak para visitar as Casas Cubos, certo? Vire a sua direita e verá um prédio imenso, semi elíptico, cinza por fora, colorido por dentro.

É o mercadão de Roterdã, aberto em 2014, com diversas barracas de frutas e vegetais (como qualquer mercado central), mas com muitos restaurantes e “barraquinhas” para uma comida, um lanche ou comida rápida! Comi um delicioso waffle aqui, mas vi que eles também vendiam saladas e sucos de frutas, lanches e etc (tudo preparado com o produto daquela banquinha).

A arquitetura moderna de Roterdã na Holanda A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

A visitação eu recomendo durante o dia (para entrar e degustar os produtos, frutas, comidas e doces ali vendido) e a noite. Vai rolar mais outra linda sessão de fotos! Pelo o que eu vi, hoje há uma roda gigante bem ali na frente!
Aliás, boa parte da cidade vale a pena visitar a noite (por isso, super recomendo dormir uma noite na cidade).


 4) Ponte Erasmo ou Erasmusbrug

A arquitetura moderna de Roterdã na Holanda 3 A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

Você, que prestou atenção nas aulas de literatura, certamente se lembra do nome do teólogo humanista Erasmo de Roterdã que escreveu “O Elogio da Loucura” (e se não ouviu, não se preocupe. Acabei de descobrir que 75% dos holandeses acham que o tal Erasmo era o arquiteto do projeto). E é seu nome que batiza a ponte mais bonita da cidade.

A visita a essa parte eu aconselho a fazer no final da tarde, para vê-la ainda durante o dia, passar para o outro lado e depois voltar e esperar tudo se iluminar e ver um skyline maravilhoso (foto abaixo)!
Para passarmos para o outro lado, decidimos pegar um bonde, mas para quem está acostumado a caminhar, diria que rola uma caminhadinha por ela.


5) O bairro portuário de Kop van Zuid

A arquitetura moderna de Roterdã na Holanda 7 A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

Antigamente, do lado oposto ao centro da cidade, existia um bairro de portos, com Binnenhaven, Entrepothaven, Spoorweghaven, Rijnhaven and the Wilhelmina Pier, de onde partiam os navios para a América. Com o tempo, essa região se tornou abandonada e decidiram renová-la, criando ali prédios grandes, imponentes e, (adivinhem sò), modernos.

Hoje, os maiores prédios do país estão ali. Um passeio despretensioso vale muito a pena, principalmente próximo do pôr do sol. Motivo: vale a pena atravessar a ponte Eramus durante o fim da tarde, apreciar esse bairro e depois ainda fazer uma foto do skyline todo iluminado. Peço desculpas pela foto abaixo tremida, mas estava muito frio e eu sem um tripé ou um local de apoio – hehehehehe

A arquitetura moderna de Roterdã na Holanda 4 A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

Também participaram deste 8on8:

Essa é mais uma blogagem coletiva do projeto 8on8. Veja também os posts das queridas: Let’s Fly Away: Viagem em Dubai: Burj Khalifa, o edifício mais alto do mundo –  Destinos por onde andei…Toronto – CN Tower em 8 fotos – Espiando pelo Mundo: A moderna arquitetura pelo mundo.


Veja onde se hospedar em Roterdã:

Temos alguns posts com review dos locais que nos hospedamos na Holanda. Mas o Booking oferece uma opção interessante de mostrar aqui dentro do blog um mapa da cidade com os valores das diárias dos hotéis conveniados. Assim, você pode encontrar hotel com preço baixo e ainda dar uma ajudinha ao blog. Se você gostou do material, não custa nada, não é?

Navegue no mapa abaixo para localizar sua hospedagem

Mostre o mapa

Aproveite e siga o Turistando.in nas redes sociais e clique no círculo abaixo para salvar este post no Pinterest:

pinterest e social 2 A arquitetura moderna de Roterdã, na Holanda

Pin do Pinterest


Planeje a tua viagem conosco

Clicando nas imagens abaixo, você encontra preços especiais e ainda ajuda o blog sem gastar nada!

About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

Deixe aqui teu comentário ou tua dúvida:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of
Lulu Freitas

Adorei o texto! Quando escolhemos o tema eu pensei em Roterdã! Essa cidade tem uma das arquiteturas mais incríveis que já conheci. Tão diferente de Amsterdam que levei um choque. As Casas Cubos são simplesmente sensacionais, um dos pontos mais interessantes da arquitetura de Roterdã.

Analuiza Carvalho

Roterdã é bem isso mesmo que você falou, Ju: moderna. Principalmente se compararmos com outras cidades da Holanda. Por isso, talvez seja a mais diferente dentre todas as que visitei. Ela abriga estas estruturas que são curiosas, meio obras de arte né?! Fiz um bate/volta desde Den Haag e passei ótimos momentos aí. 🙂

Linda escolha para este 8on8 – arquitetura moderna! bjs

Gisele Prosdocimi

Fiquei alguns dias em Amsterdam, e confesso que amaria ter conhecido Roterdam, principalmente o Mercadão.
Acho que essa imagem me persegue até hoje, de tão fantástica que acho, que teto mais lindo, super perto e não consegui conhecer.
Fica para uma próxima viagem à Holanda, país que adorei conhecer.