8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer

8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer
Compartilhe este post:

Mesmo para quem não é religioso, entrar em igrejas na Itália é quase uma obrigação! Toda cidadezinha tem as suas e elas não são apenas templos religiosos, mas um verdadeiro museu, com arquitetura de diversos períodos, com quadros e afrescos assinados pelos grandes mestres da arte mundial e enfeitada com as mais lindas esculturas.

Por essas e outras, é quase difícil não se encantar com as diversas igrejas na Itália e confesso que escolher uma seleção de apenas 8 igrejas foi uma tarefa árdua e para não ser injusta, escolhi igrejas de cidades diferentes na Itália e eu as colocarei por cidade e em ordem alfabética. Vamos lá:

As minhas melhores igrejas na Itália

Este é mais um post do projeto 8on8, desta vez com o tema Igrejas. Um tema fácil e ao mesmo tempo complexo. Em um primeiro momento pensei em escrever sobre as igrejas de Florença (mas eu não tinha foto de 8 igrejas); Depois pensei em Veneza, mas a questão era a mesma. Inserir uma foto de banco de imagens não iria ter graça para o projeto. Por isso, decidi escolher as mais emblemáticas da Itália. Mais outra tarefa difícil! Tentei separar por cidades e sei que deixei muita injustiças para trás!


#1 Assis  – Basilica di San Francesco

8 igrejas na Italia Turistando.in 09 8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer
Dia chuvoso, o único de todo mês de julho

Antes de ir para Assis, na Úmbria, eu já sabia da grandeza e importância dos afrescos da basílica di San Francesco d’Assis. Sabia que havia sido comissionada para Cimabue e que ele levou junto seu melhor aluno, Giotto (que viria a superar o mestre). Sabia também que haviam alguns afrescos feitos por Cimabue que apresentam hoje um efeito interessante de “filme fotográfico”, devido a um erro na hora da preparação da tintura. Sabia também que parte desta igreja havia sofrido danos graças a um terremoto, mas que já tinha sido restaurada. Sabia um “sacco di cose”.

Eu só não sabia que a tal basílica era gigantesca, dividida em 2 partes (basílica superior e a inferior) e que seus afrescos teria sido a coisa mais encantadora que vi em minha vida.

Assim como em outras cidades italianas, me encantei com outras igrejas de Assis, como a de Santa Chiara e a de San Ruffino, mas nada se compara àquela feita ao patrono italiano e “pai” da literatura italiana!


#2 Florença: Duomo di Santa Maria del Fiore

Mais uma cidade com igrejas maravilhosas na Itália (também pretendo escrever sobre elas em um futuro) e a escolhi por causa de um cara: Filippo BruneleschiHehehehehe

8 igrejas na Italia Turistando.in 04 8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer

Ele não foi um cara qualquer! Foi o artista doido que conseguiu projetar o que na época era impossível: uma cúpula para a igreja principal da cidade. O projeto era audacioso e muitos diziam que era impossível fazer essa cúpula ficar em pé. E ele provou o contrário! Está lá, bonitona, enfeitando o panorama da cidade até hoje.

Por dentro, um outro gênio me motivou a escolhê-la: Giorgio Vasari, responsável pelo maravilhoso afresco no interno da igreja.

O lado de fora também é magnífico. A praça do Duomo é composta pelo Campanile di Giotto (a torre da igreja) e pelo Battistero di San Giovan Battista, local onde grandes do renascimento florentino foram batizados; um prédio octagonal com três portões dedicados a São João Batista.  A mais famosa (e maravilhosa) é a porta leste, realizada por Lorenzo Ghilberti, chamada também de Porta del Paradiso (graças à Michelangelo). Seu interno é cheio de afrescos e muitos deles ajudaram a Dante escrever a Divina Comédia.

Dica: para quem tem interesse, procurem a série italiana – original em inglês – chamada I Medici – Master of Florence, com o belo Richard Madden como Cosimo di Medici!


#3 Gênova – Cattedrale di San Lorenzo

Me lembro como se fosse hoje minha primeira volta pela cidade que me abrigou por 2 meses. Sai da praça central, desci do centro sentido Porto. Aquele trecho, velho, decadente com ruas estreitas e labirínticas me encantavam. Em um certo trecho, encontrei um campo aberto (aquela sensação que temos em Veneza, após sair de uma viela e encontrar um espaço aberto) e vi ali uma igreja imensa, feita de mármore cinza e branco, protegida por dois imensos leões.

8 igrejas na Italia Turistando.in 03 8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer
Aqueles riscos? Sao rastros de aviões!

Reza a lenda que essa igreja foi construída no local onde o santo havia se hospedado, quando passou pela cidade. A arquitetura de seu interno também impressiona, com o mesmo mármore externo. Além disso, a igreja abriga o Museu dos Tesouros, com alguns espólios de guerra das Cruzadas, além do Batistério de San Giovanni.

Após admirá-la, não esqueça de procurar uma mesa de xadrez em um dos muros laterais (outra lenda diz que este é um dos símbolos dos Cavaleiros Templários) e antes de sair, veja uma curiosa e gigantesca bomba que caiu sobre a igreja e não explodiu! Hoje ela se encontra ali dentro para provar que milagres existem!


#4 Loreto – Basilica della Santa Casa

Apesar de desconhecida por muitos brasileiros e turistas, esta é uma das principais igrejas na Itália e um lugar de peregrinação católica. Dentro dela se encontram restos da Casa de Maria de Nazaré, local onde ela estava quando recebeu a “anunciação”.
Exato!
Tá ai dentro a casa onde morou Jesus!

8 igrejas na Italia Turistando.in 10 8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer
A igreja vista dos fundos, com a porta da cidade

Reza a lenda que alguns anjos levantaram a casa e, voando, a levaram para Tarsatica, na Croácia. Alguns anos depois, os mesmos anjos a levaram para um vilarejo próximo a Ancona, na região do Marche, até por fim a levarem para Loreto (Porto Recanati).

Há quem diga que “Angeli” (anjos em italiano) era o sobrenome da família que financiou a tal mudança. Se a história é verdade, cabe a cada fiel dar a sua opinião.

A Santa Casa se encontra dentro da basílica, bem abaixo da cúpula. Por fora, ela é protegida/revestida por paredes de mármore branco com a história da vida de Maria esculpida em alto relevo e desenhada por Donato Bramante.
Ao entrar na casa, vemos um ambiente escuro, com apenas 3 paredes feitos com tijolos marrons de argila, segundo estudiosos típicos da antiga nazarena, inexistente na Itália na época de sua “aparição”.


#5 Milão: Il Duomo di Milano

Sem dúvida é uma das mais lindas igrejas na Itália, além de ser uma das maiores da Europa (6° maior do mundo, 2° maior da Itália)! Sua construção se deu início em 1386 e sua obra foi terminada apenas em 1813.

Apesar da presença de vários estilos, o gótico é predominante. De longe, são os pináculos no teto que nos impressionam, de perto, são as diversas imagens em alto-relevo enfeitam suas paredes que nos intrigam.

8 igrejas na Italia Turistando.in 02 8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer
Viajar durante reformas de monumentos: quem nunca?

O lado interno também é de perder o fôlego, apesar da escuridão. Ela é composta por 5 naves e uma altura de quase 45 metros, além de 40 pilares em seu interno.

Se o exterior e o interior nos impressionam, imaginem o teto? Pegue um elevador (ou as escadas) e suba até o teto da igreja. Ali é de tirar o fôlego! Além de poder ver Milão do alto, poderá caminhar por perto dos pináculos e ver a Madonnina (uma estátua da Virgem Maria subindo aos céus), símbolo da cidade de Milão, colocada sobre o mais alto pináculo da igreja.

Se não quiser pegar fila, compre teu ticket online aqui.

Curiosidade sobre a Madonnina: Havia uma tradição que não permitia nenhum prédio fosse maior que a altura da santa (108,5m). Anos mais tarde, quando foi construído o prédio da Pirelli (chamado Pirelloni – rsrsrsrs), alto 127m. Para não romper com a tradição, foi instalada uma cópia da madonnina e esta foi colocada no topo deste prédio. E 2010, esta cópia foi transferida para o prédio Palazzo Lombardia, alto 161m. Hoje se encontra no topo da Torre Isozaki, alta 209.2m.

 


#6 Roma – Basilica di Santa Maria del Popolo

Das cidades que visitei, Roma é aquela com mais igrejas por metro quadrado (rsrsrs). E diante de tantas igrejas maravilhosas na cidade (veja aqui meu post sobre: As minhas igrejas favoritas em Roma), decidi escolher aquela que mais me impressionou internamente (mesmo se externamente não chama tanto a atenção): A igreja Santa Maria del Popolo.

Para começar, ela se encontra em uma praça redonda com um obelisco no centro. De um lado vemos a Porta del Pòpolo, um dos antigos portões da cidade de Roma, do lado oposto duas igrejas gêmeas que oferecem uma simetria incrível para quem se encontra na frente da Porta del Popolo, com o obelisco bem no centro.

8 igrejas na Italia Turistando.in 07 8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer
Ela está lá no fundo… a entrada se encontra na lateral, ao lado da Porta del Popolo

Em uma das laterais se encontra a escadaria que nos leva ao Pincio, um dos belvederes de Roma (e que nos permite ver do alto a próxima igreja que irei listar aqui – rsrsrsrs).

Ao entrar, começando pela direita, me chamou a atenção a Cappella del Presepio, dedicada a São Jeronimo, com a Natività de Pinturicchio.

Do outro lado, perto do altar, se encontra uma das mais importantes capelas da basílica: a Cappella Cerasi. Tudo isso porque nela se encontram duas principais obras de Caravaggio: Conversione di San Paolo ela Crocifissione di San Pietro; E para mim as responsáveis por me fazer adorar este pintor.

Ainda do lado esquerdo, antes de sair da igreja, se encontra a outra capela mais importante: a Cappella Chigi, projetada por Rafael Sanzio, restaurada por Bernini. Nela, vemos muitas pinturas e esculturas destes dois artistas.


#7 Vaticano: Basilica di San Pietro

Quase a última da lista, mas a mais importante, a “mãe” de todas as igrejas católicas na Itália e no mundo: A Basílica de São Pedro.

8 igrejas na Italia Turistando.in 05 8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer
Foram tantas fotos…..

Sua grandeza encanta a km de distância, enquanto ainda caminhamos pela Via dela Conciliazione, mas nos maravilha mais ainda quando percebemos que, para chegar até ela, precisamos atravessar a Piazza San Pietro.
Bernini prova nesta praça toda sua genialidade: seu colunato parecem braços que vieram nos acolher, apesar das longas filas e da chatice do raio x policial.

É no momento da fila que nos damos conta da grandeza da cúpula projetada por Michelangelo e que quando entramos, será a vez da sua Pietà a nos emocionar.

E Bernini não ficou apenas do lado de fora não. Ele entrou e colocou bem abaixo da cúpula, seu imenso Baldacchino de bronze, o mais lindo do mundo, na minha opinião.


#8 Veneza  – Basilica di San Marco

Mais uma cidade italiana com muitas igrejas encantadoras (ainda escreverei um post sobre as minhas favoritas) e cheia de obras de arte fantásticas. Aqui, acabei por escolher não apenas a principal, mas também a mais bonita e rica de todas elas. Foi a primeira super grande igreja que vi na Itália e não tem como deixar seu queixo cair diante tanta beleza.

8 igrejas na Italia Turistando.in 01 8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer
A praça dos muitos pombos!

A atual construção que vemos da Basílica de São Marcos é de 1063 (a anterior havia sido construída em 828) e é um perfeito exemplo da arquitetura bizantina. Sua construção foi baseada em duas igrejas da antiga Constantinopla, hoje Istanbul, Santa Sofia e Basílica dos Apóstolos.

A entrada é gratuita, mas muita gente prefere comprar pacotes fura-fila com direito a tour guiado (veja esta opção da Tiqets).

Mas não para por aí. Da Praça São Marcos vemos a imensa torre do Campanile di San Marco, a ala napoleônica, a Torre do Relógio e também o Palazzo Ducale.


Mais fotinhos 8on8

Gostou? Foi um prazer compartilhar mais um pouco da Itália com vocês. Aproveite e veja meus outros posts do projeto 8on8, mas não deixe de ver as 8 fotos das outras bloggers que fazem parte do projeto:

Let’s Fly Away: 8 igrejas imperdíveis na ItáliaO Berço do Mundo: 8 Igrejas para conhecer em BragaQuarto de viagem: 8 igrejas pelo mundo,  Mulher Casada Viaja: Igreja Sainte Chapelle, a pérola de Paris.


Aproveite e siga o Turistando.in nas redes sociais e clique no círculo abaixo para salvar este post no Pinterest:

pinterest e social 2 8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer

Pin do Pinterest

pinit fg en rect red 28 8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer

Compartilhe este post:

Planeje a tua viagem conosco

Clicando nas imagens abaixo, você encontra preços especiais e ainda ajuda o blog sem gastar nada!

About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

22 thoughts on “8on8 – 8 igrejas na Itália que você precisa conhecer

  1. Eu amei.de paixão a de Veneza!! Simplesmente maravilhosa! Duomo de Milano e Firenze são minhas paixões..também conheci a de trastevere em Roma e achei linda por dentro, por fora estava em reforma e não deu pra ver muita coisa

  2. Apesar de não ser religiosa, tem umas igrejas que são obras de arte que não dá para não visitar. Recentemente estivemos no Duomo de Milano e fiquei encantada. Estive na de Veneza, mas faz muito tempo, não lembro direito rs

  3. Se há país onde passamos muito tempo dentro de igrejas, esse país é Itália, mesmo quando não somos religiosos (como é o meu caso). Também adoro as igrejas italianas por causa das obras de arte que guardam e dos génios que as embelezaram. Sou apaixonada por Gioto, Bernini, Michelangelo…. Saudades de Itália

  4. quantas igrejas/catedrais maravilhosas, a lista é grande e quero conhecer todas, da lista só conheço a de Roma e a de Veneza, a de Milão e Florença são surpreendentes.

  5. Verdade Juliana, entrar nas igrejas da Italia é quase uma obrigacao, no nosso caso, somos religiosos, e desde que o tempo nos permitia entravamos, uma mais linda que a outra, sempre com uma obra de arte pra apreciar. A Basilica de Santa Maria Del Popolo foi com a sua indicacao na época, lembro que foi num domingo de manha, estava comecando uma missa e aproveitamos para assistir, em Italiano ainda, valeu muito a pena, em Florenca o Duomo di Santa Maria Del Fiore, acho impedível subir na cúpula, a vista é espetacular, alem disso ficamos mais perto do afresco de Vasari, em Veneza a arquitetura da Basilica di Sao Marco é espetacular, o seu interior achei um pouco escura, mas com muitos detalhes e obras maravilhosas, nao da pra perder. Valeu, Abs.

    1. Que emocionante! Voces viram uma missa na Santa Maria del Popolo!!!! Fico feliz de vocês terem ido conforme minha indicação. Espero que tenham gostado!

      Eu visitei Florença em junho, na semana de São João Batista! Là, eu descobri que ele era o patrono da cidade e que teria festa! Cidade cheia de gente, filas quilométricas e para o meu azar, as festividades ocorriam dentro do Duomo e do Batistèrio. O Duomo eu consegui entrar, mas quase não consegui aproveitar de tao cheio. O Batistério continuou fechado!

      E eu me recordo muito pouco do interno de São Marcos. Estava cheio e me lembro apenas de ter me maravilhado com os mosaicos.

  6. Que seleção maravilhosa! Você tem razão, só em Roma rolaria uma lista, acho lindo subir num lugar alto e ver os telhados com várias cúpulas de igrejas.
    Nao entrei na de S. Maria del Popolo, que pena, mas das que conheci em Roma gostei demais de Trastevere, S Maria degli Angeli e do Pantheon.

    1. Eu bati duas vezes com a cara na porta da S. Maria del Popolo. Sempre fechada! Mas não desisti! Queria muito vê-la! O Panteon é fora do comum mesmo! A Sta. Maria in Trastevere tbm é linda. Insomma…. Roma è a cidade para se visitar igrejas lindas!
      hehehehehe

Deixe aqui teu comentário ou tua dúvida:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.