10 lugares para visitar em Lisboa (com mais de 25 atrações)

10 lugares para visitar em Lisboa (com inúmeras atrações)

Veja uma bela lista com 10 coisas ou lugares para visitar em Lisboa que somam mais de 25 atrações pela capital portuguesa. Um mini guia para te ajudar a apreciar essa linda cidade.

10 lugares para visitar em Lisboa (com inúmeras atrações)

Lisboa é uma das cidades mais interessantes que visitei e após a dificuldade de pensar em apenas 10 atrações pela cidade decidi, ao invés disto, listar 10 lugares para visitar em Lisboa e, assim, inserir dentro delas inúmeras atrações.

Esta é uma nova blogagem coletiva e escolhi este tema para ajudar um bom leitor do Turistando.in, Paulo Costa, que está começando a planejar uma viagem para a Europa com a esposa para o ano que vem. Espero que seja de grande ajuda!
😉

Informações Básicas

Apresentarei algumas dicas importante sobre a cidade, antes da lista dos 10 lugares para visitar em Lisboa

  • Quanto tempo ficar em Lisboa?

02fb291eaaec2743a2ed24500854f92c 10 lugares para visitar em Lisboa (com mais de 25 atrações)Como toda cidade grande cheia de atrações, eu diria que com 5 dias você consegue passar pelos principais pontos de Lisboa e entrar em boa parte deles, considerando, claro que você acordará cedo, seguirá a sequência deste meu post e comprará tickets fura-fila (também indicados neste post).

Eu fiquei 7 dias e acabei deixando muita coisa para trás (ok, eu não acordei cedo e nem fui seguindo algum roteiro).

Se teu objetivo é apenas passar pelos pontos turísticos sem entrar neles (ou entrar em alguns deles), talvez você consiga fazer este meu roteiro em 3 ou 4 dias, mas diria que seria bem corrido.

Salve este post no Pinterest para encontrá-lo quando precisar! 😉

  • Onde ficar em Lisboa?

Eu me hospedei no Cais de Sodré, bem em frente ao rio Tejo. Gostei da localização por causa da estação que coligava com o metrô e o trem para Sintra e Belém, além de estar na parte plana e nos permitir fazer muita coisa a pé.

Eu diria que a zona entre a Praça do Comércio (Terreiro do Paço), incluindo a Rua Augusta até o Monumento dos Restauradores é fantástico, pois além de central, está em linha reta.

Eu curti também o bairro de Chiado e como tem metrô por ali, é também uma boa pedida. O bairro de Alfama é lindo e colorido. Em alguns trechos, até boêmio, mas é o bairro das curvas e ladeiras.

Navegue no mapa abaixo para localizar hospedagem em Lisboa

O Booking oferece uma opção interessante de mostrar aqui dentro do blog um mapa da cidade com os valores das diárias dos hotéis conveniados. Assim, você pode encontrar hotel com preço baixo e ainda dar uma ajudinha ao blog (uma porcentagem da comissão do Booking vem para nós). Se você gostou do material, não custa nada, não é?

Mostre o mapa

  • Como chegar do aeroporto até o centro de Lisboa?

O aeroporto de Lisboa é coligado à estação de metrô da linha vermelha, que maravilhosamente cruza com todas as linhas de metrô (amarela, azul e verde – veja aqui o mapa).
Nós optamos por comprar o Lisboa Card (veja as opções de preço com a Ticketbar, Tiqets e Get Your Guide) e o validamos no aeroporto. Assim, a passagem já estava inclusa no cartão.

Se você preferir um carro particular, aconselho verificar esta opção da GYG. Nós o utilizamos na volta, pois nosso voo saia muito cedo da cidade.

 

Vamos lá:

1) Entrar no castelo de São Jorge e apreciar a vista da cidade

Uma das maiores atrações de Lisboa certamente é o Castelo de São Jorge! Não há castelos no Brasil e nos encantamos cada vez que visitamos um. Este não tem a imponência dos castelos alemães, mas é um típico exemplo de fortaleza medieval. É considerado o ponto de fundação de Lisboa após a conquista de D. Afonso Henriques contra os Mouros em 1147. O castelo de São Jorge foi a residência real até 1511; depois disso, a realeza decidiu seguir para o novo palácio situado onde se encontra hoje a Praça do Comércio.

Conseguimos ver o castelo de vários pontos da cidade, visto que ele se encontra em uma das partes mais altas da cidade.
Para entrar, compre o bilhete logo na entrada ou antecipadamente (via Get Your Guide) e circule por suas ruínas e pelos seus muros. A visão da cidade é incrível! Uma visita que realmente vale a pena!
 

2) Caminhar pela margem do rio Tejo

Quem se lembra das aulas de literatura, sabe muito bem o que é o Tejo!
Nossa primeira hospedagem em Lisboa, antes de partir para o norte do país, foi em Cais do Sodré, bem em frente ao rio. E mesmo com o friozinho de início de primavera, adorávamos ir caminhando do hostel até a monumental Praça do Comércio.
Ali, inclusive podemos ver o Cais das Colunas, onde em um passado era a porta de entrada para a cidade (via mar, claro).

Fizemos esta mesma caminhada por alguns trechos do bairro de Belém. Caminhamos do Padrão dos Descobrimento até a Torre de Belém e inclusive paramos em no Altis Belém Hotel para tomar um chá (estava friozinho – rsrsrsrs).

 

3 – Atravessar o arco da rua Augusta e circular pelo bairro novo (Baixa-Chiado)

Eis o trecho com mais atrações para visitar em Lisboa. Começamos pela Praça do Comércio (também chamada de Terreiro do Paço), considerada uma das maiores praças europeias, com quase 36.000 m².

Era aqui que ficava o Palácio Real antes do terremoto de 1755 que devastou a cidade. Nesta praça, além de uma estátua de Dom José I, tem diversas lojas, restaurantes. Aconselho a visita ao museu interativo Lisboa Story Centre e depois atravessar o Arco Triunfal, a porta de entrada para a Rua Augusta ou subir em seu mirante.

A rua Augusta também é bastante interessante para caminhar e cheia de lojas e restaurantes. Inclusive, ao passar pela porta, parece que estamos entrando em uma cidade diferente, organizada e planejada (entrem no Lisboa Story Centre que vocês descobrirão o motivo). Em uma das travessas desta rua encontramos o Elevador de Santa Justina e, em seu final, a Praça do Rossio (Praça Dom Pedro IV), com o Teatro Nacional.

Ainda zanzando por aqui, encontramos a Praça com o Monumento dos Restauradores e o início da a Rua Liberdade, famosa por suas lojas de grife. Esta rua termina no Parque Eduardo VII.

4 – Conhecer o bairro de Belém   

Mais um dos lugares para visitar em Lisboa com muitas atrações. É nele que se encontra a famosa Torre de Belém,  construída em 1515. Era este o ponto de partida das viagens exploratórias dos portugueses.

Bem perto se encontra o Padrão dos Descobrimentos, construído nos anos 60 em homenagem ao D. Henrique, homenageando todas as figuras importantes da era da navegação.

Porém, de tudo o que se pode fazer em Belém, o que mais gostei foi visitar o belíssimo Mosteiro dos Jerónimos (bilhete fura-fila) construído em 1502 para comemorar o sucesso de Vasco da Gama às Índias. Sua arquitetura interna e externa é deslumbrante.

Não deixe de comer os famosos pasteis de nata da casa Pastel de Belém. Se tiver possibilidade, que tal comer frutos do ma+r no Nunes Marisqueira?

5 – Ver a cidade através de seus mirantes (miradouros)

São inúmeros os mirantes na cidade que te permitem deslumbrar Lisboa e boa parte deles se encontram no Bairro Alto e Alfama.
Os principais são esses: Miradouro de São Pedro de Alcântara, Miradouro de Santa Catarina, Miradouro de Santa Luzia, Miradouro da Porta do Sol, Miradouro das Graças (inseri a localização do Google no link de todos mirantes para facilitar a vida de vocês ).

Além das praças – mirantes, no centro histórico encontramos alguns elevadores. O mais famoso é o de Santa Justina, que liga a Cidade Baixa à Cidade Alta. Existe a possibilidade de subir o arco da rua Augusta.

E além de mirantes e elevadores, temos uma linda vista da cidade a partir do Castelo de São Jorge, do topo do Padrão do Descobrimento e do alto do Panteão.

 

Seguro saúde viagem é obrigatório para toda a Europa, mas mais que isso, é imprescindível. Imagine uma emergência, como uma internação, em euros? Por isso, faça aqui uma pesquisa entre as principais empresas do mercado e utilize nosso código TURISTANDOIN5 para obter até 10% de descontos (5% com o código + 5% com pagamento em boleto). Ah, e você pode pagar em até 12x no cartão.

6 – Caminhar por Alfama e andar em um bondinho

Depois de nossa ida ao norte do país, retornamos para Lisboa e nos hospedamos em Alfama. Este é um dos bairros mais tradicionais da cidade, com ruazinhas e ladeiras coloridas. Nós desbravamos o bairro caminhando, mas se você não curte subidas, que tal pegar o clássico bonde amarelo n° 28?
Ah…. lá eles o chamam de elétrico!

10 lugares em Lisboa Turistando.in 27 600x400 10 lugares para visitar em Lisboa (com mais de 25 atrações)

Neste bairro, não deixe de entrar no museu do Fado (5€),  o Panteão (gratuito aos domingos e feriado até às 14hs), a Igreja de São Vicente de Fora. Aos sábados ainda tem a feira da Ladra (mercado de pulga).

Por aqui se encontram vários miradouros, como o da Graça, o da Porta do Sol e Santa Luzia.

Ainda que não seja propriamente Alfama, descendo sentido Praça do Comércio encontramos a igreja de Santo Antônio de Lisboa e a igreja Sé de Lisboa (Igreja de Santa Maria Maior), construída em 1147. Assim como muitas igrejas antigas, esta última apresenta arquitetura de diversos períodos do tempo.

se of lisbon 2825282 640 10 lugares para visitar em Lisboa (com mais de 25 atrações)
Em destaque, a igreja Sé de Lisboa

Aqui comemos alguns petiscos ao som de Fado na taverna Caso Sério, um lugar simples, barato e delicioso.

Voltando à parte baixa, faça uma visita a Casa dos Bicos, hoje fundação Saramago. A casa mantém em seu interno um interessante museu ao grande escritor português, mas ela também é patrimônio da cidade. Do lado de fora, bicos inspirados na casa dos diamantes em Ferrara, na Itália. Boa parte deste palácio foi destruída com o terremoto de 1755.

10 lugares em Lisboa Turistando.in 24 600x400 10 lugares para visitar em Lisboa (com mais de 25 atrações)

7- Caminhar pelo bairro alto

Do lado oeste da Rua Augusta surge o bairro alto. Você pode chegar lá com os meios públicos ou com elevadores. Nós preferimos ir até lá caminhando (não é tão elevado como ir para o castelo que, sim, também fizemos andando).
Estávamos ali perto do Rossio e subimos pela rua Carmo antes de pegar a Garret.  Na Garret passamos um tempinho dentro da livraria Bertrand, a mais antiga de Portugal e seguimos sentido Praça Camões. Antes, passamos em frente ao café A Brasileira, onde se encontra a Escultura de Fernando Pessoa (super lotado).

Em uma das travessas, chegamos até as ruínas do Convento do Carmo, de 1389. Um lugar que vale muito a pena visitar. Ainda por ali, se encontra o São Luiz Teatro Municipal, com o restaurante Café Lisboa do chef português José Avillez.

Seguindo mais a frente, se encontra o Mirador de Santa Catarina, bem perto de um restaurante petisco chamado Fumeiro de Santa Catarina (quando fomos, a chef era uma brasileira).

8 – Entrar em museu

Para os apaixonados em museus, sugiro o maravilhoso Museu de Arte Antiga, que fica perto do Cais de Sodré, no caminho para o bairro de Belém (precisa subir uma escadaria para chegar até a famosa casa amarela).
O prédio exige uma fantástica coleção de pintura, escultura e artes decorativas europeias e asiática, mas meu destaque vai para as obras de Albrecht Dürer, Cranach (o Velho), Piero della Francesca e a incrível “As Tentações de Santo Antão” de Bosch.

Outro museu que achamos muito interessante é o Museu das Carruagens (Museu dos Coches), que mostra uma coleção incrível de carruagens luxuosas!
Se estiver afim de um museu interativo que mostra a história da cidade (com uma sala que simula o terremoto), visite o Lisboa Story Center, na Praça do Comércio.

Não tivemos tempo para visitar outros, mas os destaques são: Museu da Cidade em Lisboa (dedicado à história de Lisboa), o Museu Nacional do Azulejo, que mostra como os azulejos começaram a ser utilizados em Portugal e o Museu do design e da moda, com a história de moda e design

9 – Ouvir um fado

Existem diversas casas que oferecem noites de Fado por Lisboa. Chegamos até mesmo a cogitar a ideia, mas por questão financeira, acabamos não agendando nenhum lugar.

Para nossa sorte, nos indicaram um tipo de uma taverna perto da Sé de Lisboa chamada Caso Sério, que servia petiscos a bom preço e que às quintas (entrem em contato com eles. Isso foi em 2014) tinha show de fado. Confesso que adorei! Não era nada voltado ao turista (o que é ótimo) e o próprio dono do local pegou o microfone e cantou com os presentes.

10 – Dar um pulo em Cascais e Sintra

Caiscais é a cidade litorânea de Lisboa e antigo refúgio da realeza portuguesa (assim como Sintra). Seu centro histórico é uma graça e conta com incríveis paisagens litorâneas. Infelizmente não pudemos aproveitar bem a cidade. Fizemos um bate e volta assim que chegamos e passamos frio na cidade. Para nos aquecer, entramos em uma casa vegetariana chamada House of Wonders. Além da boa comida, o local nos ajudou a nos aquecer do frio.

Sintra é uma cidade com mais atrações e, apesar de muitos fazerem um bate e volta, mas se você tiver tempo, que tal dormir pelo menos 1 noite em Sintra? Nós ficamos em um hostel muito zen perto da Quinta da Regaleira (imperdível), chamado Almaa Sintra Hostel.


Gostou do conteúdo? Na hora de montar tua viagem, faça através destes links:

O Booking oferece uma opção interessante de mostrar aqui dentro do blog um mapa da cidade com os valores das diárias dos hotéis conveniados. Assim, você pode encontrar hotel com preço baixo e ainda dar uma ajudinha ao blog (parte da comissão deles vem para nós!). Se você gostou do material, não custa nada, não é?

Mostre o mapa

Tickets Fura fila (e outros cantos da Europa)

Temos, na Europa, 3 empresas parceiras que vendem bilhetes fura-fila, além de excursão: Tiqets, Get Your Guide e Ticketbar. Assim com o Booking, uma parte da comissão deles vem para nós!

Normalmente essas empresas permitem usar o voucher direto do celular (verifique antes de comprar). Já comprei bilhetes por essas 3 empresas e não tive nenhum problema (inclusive no cancelamento e devolução do valor pago).

Seguro Viagem

Aproveitando, seguro saúde viagem é obrigatório para toda a Europa, mas mais que isso, é imprescindível. Imagine uma emergência, como uma internação, em euros? Por isso, faça aqui uma pesquisa entre as principais empresas do mercado e utilize nosso código TURISTANDOIN5 para obter até 10% de descontos (5% com o código + 5% com pagamento em boleto). Ah, e você pode pagar em até 12x no cartão.


Participaram desta Blogagem Coletiva

Destinos por onde andeiAs 10 melhores atrações do Central Park em Nova YorkAtravessar Fronteiras10 coisas para fazer em Brasília de graçaFoco no MundoO que fazer em Buenos Aires? 10 atrações imperdíveis!Contando Destinos10 principais pontos turísticos de Munique, na AlemanhaViagem Lado BO que fazer na Avenida Paulista – 10 lugares imperdíveisVamos Por Aí10 Melhores Lugares para Viajar com Crianças; Let’s Fly Away10 filmes para viajar: cidades locações de filmesMulher Casada ViajaSan Diego: 10 Lugares para Visitar ao Sul da Califórnia; Uma Viagem Diferente10 museus para conhecer em São PauloUma Turista na Nuvens10 passeios incríveis para fazer em Copenhague na DinamarcaLigado em Viagem10 coisas que você precisa saber antes de viajar para a Alemanha;Descansa na volta – 10 praias para conhecer no BrasilViagens e CaminhosAs 10 atrações naturais mais impressionantes do Sul do Brasil; Foco em Orlando10 coisas para fazer de graça em OrlandoE aí, Férias!10 cidades da Estrada Real que adoramos;  De Mochila e CanecaOs 10 principais parques de CuritibaCantinho de Ná Top 10 atrações para crianças em Las VegasImagina na Viagem10 cidades da França que você PRECISA conhecerHolandesando10 Motivos para conhecer a Domtoren, a Torre da Catedral de Utrecht;

 


Aproveite e siga o Turistando.in nas redes sociais e clique no círculo abaixo para salvar este post no Pinterest:

pinterest e social 2 10 lugares para visitar em Lisboa (com mais de 25 atrações)

Pin do Pinterest


Planeje a tua viagem conosco

Clicando nas imagens abaixo, você encontra preços especiais e ainda ajuda o blog sem gastar nada!

About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

Deixe aqui teu comentário ou tua dúvida:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of
Marina Heimer

Depois de ler este post, saudade é a palavra! Amei relembrar Lisboa através da sua lista e adorei cada uma das suas escolhas!
Dentre todas elas, os miradouros e o passeio por Belém são as minhas preferidas… com uma pausa para um pastel de nata, é claro! :)))

Lais Cerullo

Ficamos 3 dias em Lisboa, mas foi pouco tempo. Não conseguimos conhecer todos os lugares da sua lista. Agora temos um boa desculpa para retornar. Ótima lista! 😉

Aline Dota

Ah que saudade de Lisboa! Excelente lista, tem tudo que é imperdível em Lisboa e que me fez ficar apaixonada pela cidade.

PAULO

Legal Juliana, acho que Lisboa está bastante mastigadinho, de vez em quando gosto de dar uma re-passada, viajo através dos sonhos sabe! hahaha. E o parque das Nações, vale a pena?

Josiane Bravo

Aww quanto charme dessa cidade, eu só pisei no aeroporto de Lisboa, foi a primeira cidade em solo europeu. E sou a fã dos mirantes, adoro ver as cidades do alto 🙂 mega dica
Abraços Jú