Do outro lado do rio Arno (Florença)

Firenze panoramica Oltrarno
Gostou? Compartilhe este texto:
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •  

Oltrarno

O primeiro roteiro mostrava o centro de Florença. Neste, mostrarei o que fazer do outro lado do rio Arno, conhecido como Oltrarno.

Esse segundo roteiro terá início no Ponte Vecchio. São apenas 3 pontos turísticos interessantes, porém, cheio de subidas.

O primeiro é o Palazzo Pitti, seguido do seu jardim, o Giardino dei Boboli.
Na sequência, o melhor “Belvedere” da cidade, o Piazzale Michelangelo, que nos dá uma visão panorâmica maravilhosa da cidade. Porém, para chegar até ela, haja fôlego!
A– Palazzo Pitti;  B– Giardino dei Boboli; C– Forte Belvedere; D – Mirante de Piazzale Michelangelo; E- Igreja di San Miniato al Monte

O primeiro ponto de meu roteiro “oltrarno” serà o Palazzo Pitti e para chegar até ele é bem fácil. Atravesse o Ponte Vecchio e siga reto. Quando a ruazinha estreita começar a se alargar, você estará na praça em frente ao palazzo.

Dica: Ao sair da ponte, aproveite para tentar seguir o Corridoio Vasariano, um corredor de cor amarela, criado pelos Medicis para ir do Palazzo Vecchio até o Palazzo Pitti.

Nesta minha foto, tirada do Uffizi, é possível ver uma parte do corredor
Um gráfico do caminho que o corredor faz

PALAZZO PITTI (A no mapa):

 

Ao circular por Florença, você perceberá a quantidade de prédios (palazzo) com nome de família, como o palazzo Strozzi, Medici-Riccardi, Pazzi, entre outros.

Do outro lado do Arno se encontra o Palazzo Pitti, um prédio gigantesco construído a pedido de Luca Pitti, que havia em mente um projeto ambicioso com o objetivo de mostrar poder financeiro à família rival dos Medici (e que no final das contas contraiu uma dívida e, alguns anos após sua morte, o local virou residência oficial dos próprios Medici).
Hoje o local abriga vários museus.
No 1° andar, a Galeria Palatina, com coleção de quadros dos XVI e XVII séculos, destacando obras de RaffaelloTizianoCorreggio, Caravaggio, RubensPiero da Cortona e outros grandes mestres italianos e europeus do Renascimento e Barroco. Ainda no 1° andar se encontram  e os apartamentos reais, com decoração do XIX.
No térreo encontramos o Museu das Pratas, com coleções de objetos preciosos que pertenciam à família Medici; No último andar se encontra a Galeria d’Arte Moderna, com uma coleção de pintores toscanos do XIX e XX.
E do lado de fora, o imenso Jardim de Boboli e na Palazzina del Cavaliere, se encontra o Museu das Porcelanas.
Horário de Abertura: Não encontrei informações no site sobre preço e horário.
Preço: 11.50 € (não sei se é atualizado).
Não faz parte do Firenze Pass
Mais informações clicar aqui

JARDIM DOS BOBOLIS (B no mapa):

E’ o jardim do Palazzo Pitti, um dos maiores jardins italianos, cheio de esculturas, fontes, grutas, anfiteatros e belos jardins.
O local tem 45 mil m² e vai até o forte Belvedere, no qual, segundo consta na internet, é possível ir até lá a partir do jardim.

Horário de Abertura: Basicamente, abre todos os dias das 8 às 16h30, mas no verão fecha mais tarde. Consulteo site abaixo para mais detalhes.
Preço: €7,00 – Grátis para crianças com menos de 6 anos, pessoas com deficiência e seus acompanhantes.
O bilhete também permite a entrada no Museu da Porcelana, no Museu da Prata, no Museu do Traje e nos Jardins Bardini.
Não faz parte do Firenze Pass
Mais informações clicar aqui

(continua em breve)


Gostou? Compartilhe este texto:
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •  
  •   
  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Antes de viajar, não se esqueça de fazer o seu seguro viagem conosco. Use o cupom TURISTANDOIN5 e receba 5% de desconto. Aproveite e faça a reserva de hotel e do aluguel de carro conosco. Se quiser, entre em contato conosco. Fazemos todas as reservas de tua viagem gratuitamente.


About Juliana (www.turistando.in)

Sou a mãe do Léo quase full-time, professora de italiano (por algumas horinhas), esposa de um doutorando (que me deixa maluca) e, claro, a faz-tudo do Turistando.in!

Gostou? Tem dúvidas? Nos deixe uma mensagem: